Edua lança obra ‘Suicídio: diálogos interdisciplinares’,

Organizadores do livro, Joaquim Hudson e Denise DuranOrganizadores do livro, Joaquim Hudson e Denise DuranOrganizado pelos professores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Denise Duran, e da Faculdade Salesiana Dom Bosco (FSDB/Leste), Joaquim Hudson Ribeiro, o livro reúne 22 pesquisadores de diversas instituições que tratam fatores do suicídio no Amazonas. A solenidade de lançamento ocorreu na noite desta terça-feira, 28, na sala de eventos da FSDB/Leste.

Pesquisas organizadas mostram radiografia no Amazonas

A professora Denise Duran informou que as pesquisas são resultado de estudos no Amazonas e se diferenciam de outras realidades. Conforme a docente, a obra mostra uma radiografia local, considerando que é uma contribuição importante da Ufam para sociedade amazonense, fornecendo informações sólidas tanto da questão epidemiológica (estatística) quando da discussão teórica de entendimento e interpretação de realidades vividas.

A organizadora recomendou a leitura para gestores, estudantes, pesquisadores que se interessam pelo tema. “É um tema delicadíssimo, explosivo, de alta potência para mobilizar as pessoas no entendimento de um sofrimento social”, disse a professora.

“Embora, o livro não tenha um viés de orientação de paz e prevenção, nos dá subsídios que mostram as vulnerabilidades, a partir de resultados sólidos das pesquisas, que há mais de 10 anos têm sido desenvolvidas”, completa Duran.

Edição está à venda na Livraria da Universidade do Amazonas (Lua)Edição está à venda na Livraria da Universidade do Amazonas (Lua)O Amazonas no ranking de suicídio

O professor Joaquim Ribeiro, um dos organizadores, disse que, a partir da observação quanto ao número extraordinário de demandas sobre o tema e tendo pesquisas inéditas sem publicação, resolveu reuni-las nessa obra. De acordo com o docente, o suicídio é das principais causas de morte no mundo.
Ainda conforme o especialista, no Brasil, os índices são elevados e, no Amazonas, o suicídio de crianças e adolescentes é maior nos municípios de Tabatinga e Tefé. Ele aponta outro quadro importante, que é o índice entre idosos que coloca Rondônia e Roraima como os estados líderes no ranking brasileiro.
“O Estado do Amazonas apresenta um índice crescente a cada ano. Nós temos percebido de forma constante na mídia. A quantidade de casos é alarmante. Então, toda a sociedade está bastante espantada. Antes, aquilo que era um tabu, hoje tem sido uma das principais causas de morte entre jovens de nosso país”, completa o professor.

Solenidade

Reitor da Ufam prestigiou o lançamento da publicaçãoReitor da Ufam prestigiou o lançamento da publicaçãoA solenidade contou com a participação do reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, que reiterou a importância da publicação: “Publicar uma obra, exige todo um trabalho de uma grande equipe, de pesquisadores, e também dos serviços da Editora da Universidade Federal do Amazonas (Edua). O nosso papel é fazer parcerias e publicar os nossos livros, colocando a disposição da sociedade. Percebo que, no momento que nós tanto discutimos questões relevantes da própria existência humana, o livro vem preencher uma lacuna na nossa literatura regional e local, no que tange ao tema suicídio”, declarou o reitor.

Além do reitor da Ufam, professor SylvioPuga, estiveram presentes na composição da mesa de abertura, o diretor da Edua/Ufam, professor Sergio Freire, o diretor da FSDB/Zona Leste, professor Cesar Lobato, a professora do Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA) e presidente do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA), Marilene Correa, o Arcebispo Metropolitano, Dom Sergio Castriani e os organizadores, professores Denise Duran e Joaquim Hudson Ribeiro.

Compartilhe: