Polo Mineral e Metalúrgico inaugura Centro de Estudos do Quadrilátero Ferrífero

Polo Mineral e Metalúrgico inaugura Centro de Estudos do Quadrilátero Ferrífero

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), por meio do Polo de Excelência Mineral e Metalúrgico, e a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) inauguram nesta sexta-feira (29) o Centro de Estudos Avançados do Quadrilátero Ferrífero (CEAQFe) e o Projeto Quadrilátero Ferrífero 2050 em Ouro Preto. Será um centro de pesquisas científicas e de inovação tecnológica multidisciplinar do Departamento de Geologia da Escola de Minas. O objetivo é promover, realizar e divulgar estudos e conhecimentos da área das ciências da terra, das atividades mineiras e do desenvolvimento sustentável do território do Quadrilátero Ferrífero. As atividades fazem parte das comemorações do dia do Geólogo.

O CEAQFe será um núcleo de referência para o planejamento da atividade mineira do uso e ocupação do solo. A proposta é criar um ambiente adequado para o domínio da inteligência no processo produtivo, gerando tecnologia, capacitando recursos humanos, prestando serviços técnicos especializados e definindo processos e metodologias para a preservação e recuperação do meio ambiente.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado e Minas Gerais (Fapemig) e diversas instituições públicas e privadas de pesquisa, desenvolvimento e inovação nacionais e internacionais são parceiras do projeto. A equipe do CEAQFe é constituída por docentes, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, estagiários de pós-doutorado e técnicos vinculados ao Departamento de Geologia, ao Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais da Ufop.

O projeto Quadrilátero Ferrífero 2050, faz parte do Polo de Excelência Mineral e Metalúrgico do Governo do Estado de Minas Gerais. Trata-se de uma plataforma de programas, projetos e iniciativas de base científica e tecnológica alinhados para a organização e o fortalecimento de estruturas de geração e difusão de conhecimentos. O Polo congrega pesquisadores, núcleos e redes de pesquisa e desenvolvimento, inovação e educação, com o objetivo de aumentar o desempenho dos setores mineral e metalúrgico. De acordo com o gerente executivo do Polo, Renato Ciminelli, é uma maneira de garantir a perenidade da mineração e metalurgia, gerando novos projetos ligados ao meio ambiente, à responsabilidade social e à sustentabilidade.

O Quadrilátero Ferrífero representa uma das mais importantes províncias minerais do mundo com o maior histórico de produção de ouro, ferro e alumínio do Brasil. Está delimitada por uma área superior a 7.000 km2, envolvendo cerca de 24 municípios totalizando uma população de 4.200.000 habitantes. Possui dois parques estaduais e três áreas de proteção ambiental. Em 2008, foi responsável por 13% da produção mundial e 70% da produção nacional de minério de ferro, com um total de 215 milhões de toneladas.

Situa-se na porção centro-sudeste do estado de Minas Gerais dominada por terras altas com elevações médias em torno de 1200 metros com picos e montanhas podendo atingir elevações superiores a 2000 metros. Decorre desta característica, a região constituir as nascentes de principais rios que compõem as três bacias hidrográficas importantes da região sudeste: a Bacia do São Francisco, a Bacia do Rio Doce e a Bacia do Rio Paraná.

 

Compartilhar