Ufac assina protocolo a favor de crianças e adolescentes

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio da administração superior, assinou na tarde dessa quarta-feira, 14, um protocolo de intenções com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca) para realização de uma campanha que visa mobilizar os servidores da instituição a realizar doações de valores do Imposto de Renda para o fundo controlado pelo conselho.

A vice-reitora da Ufac, Guida Aquino, ressaltou a importância da ação para a garantia de direitos da criança e do adolescente. “É uma campanha importante para que a implantação de políticas públicas voltadas para a criança e o adolescente sejam de fato consolidadas, assegurando a essa clientela, em situação de vulnerabilidade social, o direito a saúde, alimentação, educação, esporte, cultura, lazer e uma vida digna”, afirmou Guida.

Participaram da reunião o reitor da Ufac, Minoru Kinpara; a presidente do Cedca, Ivanete Rodrigues; os conselheiros Gabriel Maia e João Lima; e o promotor de Justiça Francisco José Maia Guedes, da Promotoria de Justiça da Criança e do Adolescente.

Guedes lembrou que a campanha na Ufac visa à mobilização de toda a instituição, através de seus professores e servidores, para poder investir nessa grande causa da infância e da juventude. “É uma doação direta ao fundo; o dinheiro fica aqui no Acre e o valor doado retorna de forma integral no ajuste do imposto de renda do ano seguinte, seja em desconto de valor devido ou acréscimo no imposto a restituir”, disse o promotor.

A Receita Federal permite que o contribuinte destine até 6% do imposto devido a instituições assistenciais. Ao fim do preenchimento do documento, o programa de elaboração da declaração calcula automaticamente o imposto a pagar, e caso o contribuinte opte por fazer a doação, indica os valores doados. O recurso irá para o fundo estadual, que destina a verba para entidades que desenvolvem trabalhos voltados à criança e ao adolescente.

 

Compartilhe: