UFRN e Ministério Público discutem criação de corredor ecológico em Natal

O vice-reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz de Melo, recebeu a visita da Promotora de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Gilka da Mata, na tarde desta sexta-feira, 13, no Gabinete da Reitoria, com o objetivo de discutir parceria para criação de um corredor ecológico no bairro de Capim Macio.

O intuito é transformar a área correspondente à zona de proteção ambiental 2 e 5 de Natal, que está entre o Parque das Dunas e a Lagoinha, em uma espécie de jardim botânico. Na opinião da Promotora, uma cooperação entre a UFRN, o Ministério Público (MP) e a Prefeitura de Natal possibilitaria uma colaboração com contribuições complementares das instituições.

Como a área é uma região do Município, a universidade participaria da elaboração do corredor ecológico com um projeto técnico-acadêmico e o MP com a formalização da parceria, no intuito de contribuir para a preservação do ecossistema, o conforto térmico da cidade e o monitoramento da região por meio de pesquisas.

O vice-reitor explicou que é missão da UFRN colaborar para o desenvolvimento sustentável do estado e que a instituição se coloca à disposição para auxiliar na elaboração do projeto técnico-acadêmico, reforçando sua parceria com o Ministério Público e a Prefeitura do Natal.

Da reunião, ficou decidido que a instituição de ensino e o MP levarão a proposta de criação do corredor ecológico à gestão municipal.

Compartilhe: