UTFPR – Pesquisadores desenvolvem rodo de descontaminação para pisos hospitalares

UTFPR – Pesquisadores desenvolvem rodo de descontaminação para pisos hospitalares

Rodo será utilizado para esterilizar pisos

Pesquisadores do Câmpus Guarapuava estão realizando testes em um novo produto para esterilização de ambientes com elevado grau de contaminação. Trata-se de um rodo de luz UV-C para pisos de ambientes hospitalares. O projeto é um equipamento similar ao já desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP) e está em fases de testes utilizando diferentes grupos de bactérias e vírus.

A pesquisa é conduzida pelos pesquisadores do Câmpus, Viviane Teleginski Mazur e Maurício Marlon Mazur.

Testes para verificar o tempo de exposição e a eficácia na ação biocida estão sendo realizados em parceria com a Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO/NovaTec).

A radiação ultravioleta é a radiação eletromagnética com um comprimento de onda menor que a da luz visível e maior que a dos raios X. Cada tipo de radiação UV é responsável por causar algum dano biológico. A radiação UV-A provoca alterações na pele, causando o envelhecimento; a radiação UV-B, além de atuar no envelhecimento da pele, é a principal responsável por causar mutações genéticas que levam ao desenvolvimento de câncer de pele. A radiação UV-C é considerada a faixa germicida e destrói a capa proteica e o material genético de qualquer vírus.

Segundo os pesquisadores, os testes nos equipamentos também irão verificar o tempo ideal que eles devem ser utilizados em cada metro quadrado de piso ou superfície. As avaliações indicam que eles devem ser usados durante 1 minuto em cada metro quadrado.

Após a comprovação dos testes, o rodo será doado ao Hospital São Vicente de Paulo de Guarapuava, hospital referência para tratamento da COVID 19 na região.

Compartilhar