71ª Reunião Anual da SBPC homenageia 30 anos da Andifes

71ª Reunião Anual da SBPC homenageia 30 anos da Andifes

No ano em que celebra 30 anos, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) foi homenageada na 71ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Em meio à programação científica, a solenidade endossa a contribuição da Andifes para a educação e a ciência brasileiras ao longo de três décadas de atuação.

“Cada reitor individualmente tem uma política, mas quando a gente se junta numa associação, conseguimos ter mais força para levar pautas positivas para as políticas públicas do Brasil. A Andifes é isso: um grande conjunto de reitores, uma força de trabalho maravilhosa onde a gente consegue iluminar itens, recursos e equipamentos para melhorarmos a área de políticas públicas, principalmente da educação superior e das universidades federais do nosso país”, afirmou o reitor da UFMS, Marcelo Turine.

O presidente da Andifes, reitor Reinaldo Centoducatte, reforçou a importância da educação superior gratuita e de qualidade, e o papel da associação para as Instituições de Ensino Superior. “Nesse ano a Andifes comemora seus 30 anos, uma associação que tem como uma das suas missões trabalhar em prol da educação superior de qualidade, pública e gratuita, e que tem uma preocupação importante com a ciência e a tecnologia. A Andifes leva proposições, contribui e discute criticamente as políticas públicas existentes. Sem conhecimento, sem educação, fica muito difícil, podemos dizer impossível, do país se constituir quanto a nação independente, autônoma e que tem importância no cenário internacional”, destacou.

A diretoria executiva da Andifes esteve presente também na cerimônia de abertura, ontem, com a presença de cerca de 15 mil pessoas. A solenidade foi composta por apresentações culturais que representaram Mato Grosso do Sul – em 70 anos de existência, esta é a primeira vez que o evento é sediado no estado –, discursos das autoridades presentes, homenagens a pessoas importantes para a ciência e cultura sul-mato-grossense e um show do cantor, violeiro e compositor Almir Sater.

Sob o tema “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento Social”, o evento conta com mais de 250 atividades e a participação de pesquisadores renomados, nacionais e internacionais, e gestores do sistema estadual e nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

A Reunião Anual da SBPC é o maior evento científico da América Latina e terceiro maior do mundo. Estão aguardadas cerca de 20 mil pessoas durante a semana de 21 a 27 de julho. Além da programação científica, há também as atividades da SBPC Inovação, SBPC Afro e Indígena e SBPC Educação. Ao longo da semana serão realizadas 67 conferências, 59 mesas-redondas, 40 encontros, 16 rodas de conversa, nove sessões especiais, cinco palestras, quatro assembleias e três oficinas, além de 44 minicursos.

Para outras informações sobre a Reunião Anual da SBPC na UFMS, acesse aqui.

Compartilhar