Alimentos destinados ao Restaurante Universitário da Ufal serão fornecidos de agricultura familiar

Alimentos destinados ao Restaurante Universitário da Ufal serão fornecidos de agricultura familiar

Reitora assinou contratos com agricultores familiares.

Na manhã da última sexta-feira (7), aconteceu a solenidade de assinatura dos contratos das Associações e Cooperativas da Agricultura Familiar contempladas na Chamada Pública Nº 01/2018. Os alimentos adquiridos serão destinados às unidades do Restaurante Universitário (RU), dos campida Ufal. O momento foi marcado por grande comoção dos agricultores e convidados.

Compuseram a mesa de abertura a reitora Valéria Correia, o vice-reitor José Vieira e os pró-reitores Silvana Medeiros (Proest), Joelma Albuquerque (Proex) e Flávio Domingos (Proginst). Também fizeram parte da mesa a gestora do RU, Milena de Castro, a professora do curso de Serviço Social Wanda Griep Hirai, a representante do setor de alimentos e agricultura familiar da Secretaria Municipal de Educação (Semed)Ana Carla, e a representante da União Nacional das Cooperativas e Agricultura Familiar (Unicaf), Maria José Alves.

O presidente da Associação dos pequenos e médios produtores do sítio bairro vermelho, do município de Flexeiras, Juliano Santos, aguardava com ansiedade o momento da assinatura dos contratos, e relatou que enfrentava dificuldades para a venda dos alimentos. “É um sonho e uma realização para o pessoal da nossa cidade, pois lá não estávamos conseguindo vender nossos produtos, nem ter visibilidade, e com esse contrato vamos passar a existir e a vender mais”, relatou.

Maria José conta que para os agricultores familiares é um prazer imenso poder fazer parte desse momento. “É difícil começar com agricultura familiar, nós somos discriminados por sermos agricultores, e trazer nossos produtos para dentro da Universidade é um sonho. O nosso sofrimento não é de agora, além da chuva que nos falta, mas o agricultor e nordestino tem essa força, e não perdemos nunca a nossa fé. Quando cai a chuva, colocamos as sementes e pedimos a Deus para dar alguma coisa, e aí estão os frutos que nós começamos a colher”, disse.

Reitora assinou contratos com agricultores familiares.

A reitora relatou que poucas Universidades brasileiras cumprem esse papel social, o que é um momento histórico para a Gestão da Ufal, e ressalta a importância dos agricultores. “São poucas universidades, nós entramos para a nona, o que significa 15% das 63 existentes que capitaneiam e fazem valer esse processo de aproximação e fortalecimento de um setor importante da sociedade que é invisível aos olhos da cidade, e a partir da história de vocês queremos dar essa visibilidade. Queremos dizer que vocês são muito importantes para a história desse país, e agora, mais do que nunca, para a Ufal’’, comemora Valéria.

Ao final do discurso dos participantes da mesa, e após o momento que cada agricultor tomou posse do seu contrato para assinar, Maria José fez questão de repetir o coro com todos os participantes da solenidade: ‘’Se o campo não planta, a cidade não janta’’.

Fonte: Alagoas 24 horas

Compartilhar