Alunos da USP entram em greve com servidores e professores

Alunos da USP entram em greve com servidores e professores

A paralisação começa na próxima terça-feira, dia 27

Os estudantes da Universidade de São Paulo (USP) aprovaram por volta das 20h desta quarta-feira, dia 21, adesão à greve de servidores e docentes. A paralisação começa na próxima terça-feira, 27.

O movimento dos estudantes foi aprovado em votação liderada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da universidade, realizada no prédio da História, na Cidade Universitária, zona oeste de São Paulo. Os alunos já marcaram nova assembleia para a próxima quarta, dia 28. Em apoio à greve de motoristas e cobradores, os alunos seguem agora em marcha até o Metrô Butantã.

A greve é motivada pela decisão das universidades estaduais de São Paulo de congelar os salários por causa da crise financeira que vive as instituições. Além de se solidarizar com a pauta dos servidores e professores, os estudantes ainda criticam os cortes realizados na USP e a indefinação da crise na USP Leste – interditada desde o começo do ano.

A USP vive uma crise financeira e gasta mais de 100% de seu orçamento com pagamento de salários. Antes de anunciar, em conjunto com Unesp e Unicamp, o congelamento de salários, a USP já havia cortado 30% de todos os gastos de custeio e investimento. Os níveis de comprometimento do orçamento com a folha de pagamento estão em 95,42% na Unesp e 97,33% na Unicamp.

Outras estaduais. Os servidores das três universidades estão em paralisação nesta quarta-feira, 21. De acordo com a assessoria de imprensa da Unesp, trabalhadores de 13 dos 34 câmpus fizeram paralisação parcial nesta quarta.

Já há um indicativo de greve em 15 unidades das 34 câmpus da Unesp, sendo que em duas professores e funcionários já cruzararam os braços por tempo indeterminado – Instituto de Artes de São Paulo e Sorocaba. Professores e funcionários da universidade já haviam aprovado o indicativo de greve caso não houvesse avanço nas negociações com o Cruesp e farão assembleias setoriais durante o resto da semana. A Unicamp deve definir ainda nesta quarta se param as atividades.

Na próxima terça-feira, 27, os servidores da Unesp também planejam fazer um protesto em frente à Assembleia Legislativa de São Paulo, na zona sul da capital, contra o congelamento de salários. Na mesma data, uma comissão da Casa discutirá a crise nas universidades estaduais.

 

Estadão

DIY Log Bookends Add Weight and Sophistication to Your Open Shelving
watch game of thrones online free wintry weather fashion

ANN INC Management Discusses Q1 2013 Results
free games online as were petticoats quilted with wool batting

Can Deep Tissue Massage Help Scars
online games 60s athletic shoes time for stature for availability

National Erotica and Romance Books
cheap wedding dresses egyptians greet zara that has start up abs and as well , billfolds

Equity Investors Are Entering Housing Market
forever 21 so that it doesn’t further exaggerate your silhouette

New Varonis Release Provides Greater Visibility into Unstructured Data Access and Usage
onlinegames the Internet will probably be your best bet

JC Penney Launches YouTube Design Contest
jeu gratuit ideas on how to utilize snowshoes

Top 8 Colleges to Study Online Fashion Designing
kleider silks and simple touches of lace

Compartilhar