Andifes faz Moção acerca da reportagem sobre a UnB

Andifes faz Moção acerca da reportagem sobre a UnB

UnB, um espaço de democracia e de qualidade acadêmica

Nós, reitores das Universidades Federais Brasileiras, reunidos na Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes,  nos pronunciamos acerca da edição da revista Veja de 04 de julho de 2011. A reportagem “Madraçal do Planalto” certamente não reflete a realidade acadêmica e institucional da Universidade de Brasília (UnB).

Reafirmamos a liberdade de expressão e de opinião como valores inegociáveis da sociedade brasileira, e a verdade factual como esteio do debate democrático e da liberdade de imprensa.

A UnB, seus professores, alunos e funcionários, como em outras universidades, foram sim vítimas da ditadura e seus apoiadores, de dentro e de fora dos campi. O golpe de 1964 trouxe anos difíceis para a UnB, mas, assim como o país  ela soube superar esta triste quadra da nossa história. Sabemos que a reconstrução e a manutenção do ambiente democrático é tarefa permanente e de todos os brasileiros.

Na UnB o espaço garantido para o debate, à crítica e a diferença é alimento e faz com que ela cresça e avance com tolerância, inclusão e sem abrir mão da qualidade acadêmica e da produção científica relevante.

O atual reitor, José Geraldo, foi escolhido pela comunidade acadêmica num processo eleitoral com regras baseadas na lei e definidas pelos integrantes do Conselho Universitário, instância que funciona com 89 integrantes, 62 deles professores, 16 estudantes e 10 técnico-administrativos.

Dessa forma, a Andifes manifesta seu integral apoio e respeito à opinião dos milhares de professores, alunos e técnico-administrativos que formam a comunidade acadêmica e escolhem o reitor da UnB e definem seus caminhos. 

Compartilhar