Andifes promove debate sobre conjuntura nacional e perspectivas econômicas

Em fevereiro de 2018, a Andifes também recebeu especialistas para debater sobre o tema. 

No próximo dia 25, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes realiza o Seminário “Brasil, conjuntura e perspectivas econômicas”. Foram convidados para o evento os economistas Adolfo Sachsida, Antônio Lacerda, Esther Dweck, Guilherme Melo e Rafael Cardoso.

De acordo com o secretário executivo, Gustavo Balduino, o seminário com essa temática tem sido realizado anualmente pela Andifes, e o objetivo é conhecer as opiniões de especialistas com diferentes visões e que contribuam com uma leitura plural das causas, da conjuntura e das perspectivas da política econômica nacional e internacional. “Os nossos convidados possuem larga experiência no setor público, na academia e no mercado. Não se espera uma conclusão. O mérito desse seminário é o próprio debate”, explica. 

O evento será na sede da Andifes, em Brasília, das 14h às 18h.

Sobre os palestrantes:

Adolfo Sachsida é o atual secretário de Política Econômica do Ministério da Economia. Possui doutorado em Economia pela Universidade de Brasília (2000). Realizou seu pós-doutorado na University of Alabama, e lecionou economia na University of Texas – Pan American (Edinburg). Tem experiência na área de Macroeconomia, com ênfase em Modelos Econométricos.

Antônio Correa de Lacerda é professor e diretor da Faculdade de Economia, Administração, Ciências Contábeis e Atuariais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Possui doutorado em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mestrado em Economia Política e graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Foi membro do Conselho Temático de Política Econômica da CNI (Confederação Nacional da Industria), de 2007 a 2018.

Esther Dweck é professora Adjunta do Instituto de Economia da UFRJ. Possui doutorado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006). Entre 2011 e 2016, atuou no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, no cargo de Chefe da Assessoria Econômica e como Secretária de Orçamento Federal. Em 2016, ocupou o cargo de Subchefe de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República.

Guilherme Santos Mello é professor do Instituto de Economia da UNICAMP e diretor do Centro de Estudos de Conjuntura do IE/UNICAMP. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (2008), graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006), mestrado em Programa de Pós-Graduação em Economia Política pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (2013).

Rafael Cardoso é economista-chefe da Daycoval Asset Management, especialista em Economia Financeira pela FGV-SP e formado em Ciências Econômicas pela PUC-SP. Possui experiência acadêmica e publicações em temas relacionados a inflação e política monetária. Segundo o Banco Central do Brasil (Ranking FOCUS TOP 5) e o Ministério da Fazenda (Ranking PODIUM).

Compartilhe: