Andifes realiza CVII Conselho Pleno

Andifes realiza CVII Conselho Pleno

A Andifes realizou dia 30 de novembro de 2011 a CVII reunião ordinária do Conselho Pleno.  O encontro faz parte da coleta para elaborar diretrizes para um Plano de expansão das universidades.

Foi discutido o PL 2.134/11 que dispõe sobre a criação de cargos para as universidades federais, orçamento das Ifes em 2011, Nova Matriz de OCC e Avaliação do CENSO da Educação Superior realizado pelo Inep e do CENSO do IBGE em 2010.

O presidente da Telebrás, Caio Bonilha, o diretor geral da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) Nelson Simões e o deputado Paulo Piau (PMDB/MG) fizeram parte de umas das mesas.

O diretor geral da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) Nelson Simões anunciou um acordo de cooperação formulado no início deste ano com vistas a dar um suporte à rede acadêmica brasileira. Nelson afirma que essa iniciativa vai acelerar o processo de inclusão dos Campi no interior e favorecer a comunicação que a RNP vem desenvolvendo.

O diretor geral da Rede disse que a meta é atender ainda 900 localidades conectadas a 100 megabytes a partir dos próximos anos, incluindo as Instituições Federais de Ensino Superior e Institutos Tecnológicos. “Hoje atendemos 350 localidades e expandir este número é o nosso grande desafio. Sem dúvida ainda vamos avançar muito e contamos com o apoio dos reitores, estados e governo para isso”, acrescentou Nelson Simões.

O presidente da Telebrás, Caio Bonilha, falou da importância do acordo feito com a RNP. Para ele a situação anterior da Telebrás em atender as cidades do interior era um problema e foi solucionada após a parceria com a Rede. “Após o acordo com a RNP nós passamos a atuar nas universidades e comunidades próximas aos Campi e dessa forma nós potencializamos o atendimento da Internet e o número de domicílios. Hoje atendemos 18 milhões de domicílios e futuramente queremos chegar a 40 milhões. A UFG e UFT já fazem parte deste projeto.

O deputado federal Paulo Piau, integrante da Comissão de Ciência  e Tecnologia  da Câmara,  falou sobre a criação do Parque Tecnológico e Incubadoras. Para ele a criação destes parques aumentaria a produção de pesquisas em ciência, tecnologia einovção no Brasil e também a aplicação dos recursos nesta área. “Queremos o apoio das universidades federais neste diálogo. Precisamos de um Programa para estes parques e na minha avaliação as universidades são um instrumento fundamental para junto conosco termos uma ação efetiva no Congresso”, afirmou o deputado.

Vários reitores cujas universidades têm Campi no interior e enfrentam dificuldades com a qualidade da conexão de Internet apresentaram os problemas e demonstraram otimismo com as propostas, bem como aqueles que estão em fase de implantação de Parques Tecnológicos.

O presidente da Andifes, reitor João Luiz Martins (UFOP) falou da importância da reunião em discutir com Governo federal, universidade e parlamento temas relevantes sobre ciência, tecnologia e inovação para as universidades federais. O reitor colocou a Andifes a disposição para estimular a parceria com as universidades naquilo que compete a cada poder.

Compartilhar