APCA e UFRPE promovem II Seminário Biodiesel em maio

APCA e UFRPE promovem II Seminário Biodiesel em maio

A Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) promove, entre 3 e 4 de maio de 2010, no Mar Hotel, Recife, o II Seminário Biodiesel Fonte de Energia das Oleaginosas em Pernambuco: evolução do cenário e novas perspectivas no Brasil.

A base da programação do evento são as 83 recomendações propostas pelos conferencistas, palestrantes, debatedores e participantes presentes no I Seminário Biodiesel: Fonte de Energia das Oleaginosas em Pernambuco, realizado de 12 a 14 de outubro de 2008, sintetizadas em 14 Propostas de Ação.

Nesse fórum de discussão da evolução do cenário das políticas de produção e das novas perspectivas dos biocombustíveis em Pernambuco e no Brasil, haverá participação de palestrantes da UFRPE e de outras instituições. No dia 3/05, às 16h, participam do painel Matérias-primas alternativas e opções tecnológicas, a professora Claudia Bejan (Departamento de Química), sobre a utilização do resíduo do óleo de fritura na produção de biodiesel e suas implicações para o meio ambiente, e o professor Alfredo Olivera Gálvez (Departamento Pesca e Aquicultura), que trará à pauta as microalgas como fonte alternativa para a produção do biodiesel. 

Já o trabalho desenvolvido pela UFRPE em prol dos agricultores rurais envolvidos na produção de matérias-primas será exposto pela professora Ana Navaes, do Departamento de Letras e Ciências Humanas, durante palestra, às 8h do dia 4/05, durante o painelRealidade socioeducacional e experimentação agrícola.

O Seminário contará também com representantes da agricultura familiar, que contribuirão com reivindicações de mudanças para o seu crescimento econômico, social e cultural, suas experiências e organização, além da importante participação durante os debates que seguirão cada painel na programação.

Os resultados de pesquisas terão espaço na Sessão de Pôsteres, que contemplará as temáticas: Biodiesel: educação e extensão; Biodiesel: inovação e tecnologia; Biodiesel: matérias-primas; Biodiesel: agricultura familiar e sustentabilidade.

O conhecimento do atual cenário em Pernambuco e das novas perspectivas para o Brasil, em termos da produção do biodiesel e dos conceitos relacionados com o assunto biocombustíveis como fonte energética de caráter renovável, estarão presentes nas discussões, debates e pesquisa de opinião que compõem a programação presencial dos dias 3 e 4 de maio. Haverá sequência durante o fórum virtual, a ser coordenado pela Academia Pernambucana de Ciência Agronômica e pela UFRPE, com o intuito de assegurar a condução de tão relevante assunto.

Mais informações no site www.apcagronomica.org.br/seminario2010 ou pelo telefone: 3062.6505.

Compartilhar