Após mais de 100 dias de greve, Ufam reinicia aulas nesta segunda

Após mais de 100 dias de greve, Ufam reinicia aulas nesta segunda

Aulas de cursos afetados pela greve vão ocorrer até 12 de dezembro. Professores da Ufam entraram em greve no dia 15 de junho.

Nesta segunda-feira (19), a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) retoma as aulas após mais de cem dias em greve.

A reitoria da Instituição informou que a reposição deverá obedecer às orientações contidas no Relatório da Comissão de Planejamento das Atividades Acadêmicas, encaminhadas aos diretores de unidades e chefes de departamento por decisão do Conselho Universitário (Consuni).

O professor de filosofia José Oliveira, presidente do Sindicato dos Professores, disse que a reposição das aulas será feira por 43 dias.

“Voltamos as aulas hoje. A turma recebeu muito bem. Vimos a carta do sindicato, de esclarecimento, e apresentamos o cronograma que foi votado em assembleia”, afirmou.

As reposições das aulas dos cursos afetados pela greve vão ocorrer até 12 de dezembro. O período para novas solicitações de disciplinas pelas coordenações de curso será de 3 a 6 de novembro (veja abaixo o cronograma).

A universitária do curso de Biblioteconomia Larissa Danna, 19 anos, afirmou que aguardará a abertura do prazo para se inscrever no segundo período.

“Hoje, os professores explicaram sobre o processo de reposição. Vamos ter reposição das aulas durante 43 dias. Em seguida, vão abrir a matrícula para o novo período e, assim, e vou conseguir me matricular”, disse.

Nathalya Dorzani, do curso de Química, não teve aula. Nesta manhã, a universitária de 18 aguardava informações sobre o cronograma de estudos.

“Durante o período de greve tive aula, mas o professor de uma disciplina, que era pré-requisito para outras quatro, estava em greve. Estou matriculada, mas não tem previsão de quando a aula vai começar. Ainda não tivemos repostas”, afirmou.

Greve

Os professores da Ufam entraram em greve no dia 15 de junho, 18 dias após a deflagração do movimento paredista em âmbito nacional. A categoria lutava pela manutenção do caráter público da educação, por melhores condições de trabalho, pela autonomia universitária, pela reestruturação da carreira e ainda pela equiparação salarial entre ativos e aposentados.

Veja cronograma

  1. Período de Reposição de 2015/1 – de 19/10 a 12/12/2015
  2. Período para novas solicitações de disciplinas pelas coordenações de curso – de 03 a 06/11/15
  3. Período para atribuição e tramitação de disciplinas pelas Chefias de Departamento e Coordenações Acadêmicas – de 09 a 13/11/2015.
  4. Período de Provas – de 14 a 19/12/2015
  5. Período de Lançamento de Notas – de 14 a 20/12/02015
  6. Período para a Primeira Solicitação de matrícula – de 21 a 22/12/2015

Suelen Gonçalves – G1

Compartilhar