Aprovada exigência de pós-graduação para professor de universidade pública

Aprovada exigência de pós-graduação para professor de universidade pública

Comissão de Educação aprovou, em decisão terminativa, proposta de Aloysio Nunes restabelecendo a determinação prevista na Lei de Diretrizes e Bases, que havia sido modificada por lei de 2012

Com 14 votos favoráveis e apenas 1 contrário, o projeto que estabelece a exigência de titulação em nível de pós-graduação para ingresso por concurso na carreira de magistério superior federal foi aprovado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). O PLS 123/2013, de Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), poderá seguir diretamente para a Câmara dos Deputados, se não for apresentado recurso para votação em Plenário.

De acordo com a relatora, Ana Amélia (PP-RS), o projeto corrige equívoco contido no artigo 8º da Lei 12.772/2012, que impede as universidades federais de exigir, nos editais de concurso para professores, títulos de mestrado ou doutorado. Pela legislação em vigor, as universidades públicas podem exigir apenas a graduação.

Para a relatora, o projeto acerta ao modificar a lei e voltar a permitir a exigência de titulação de pós-graduação nos concursos para o magistério público federal. Conforme explicou, a mudança prevista no PLS 123/2013 restabelece exigência já contida na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB — Lei 9.394/1996).

— O projeto tem o mérito de buscar a qualificação cada vez maior para o ensino superior em nosso país — disse. Ana Amélia informou ainda que a norma contida na Lei 12.772/2012 tem sido criticada pelas instituições federais de ensino superior, considerada como retrocesso no processo de contratação de docentes das universidades públicas.

A relatora acatou duas emendas apresentadas pelo próprio Aloysio Nunes. A primeira suprime dos requisitos para ingresso no cargo de professor titular-livre do magistério superior a exigência de 20 anos de experiência ou de obtenção do título de doutor. A outra altera dispositivo que trata de retribuições pecuniárias e gratificações por docentes em regime de dedicação exclusiva.

Única a votar contra, Ana Rita (PT-ES) solicitou mais tempo para analisar o relatório, mas o pedido de vista foi negado, por ter sido apresentado após o presidente da CE, Cyro Miranda (PSBB-GO), ter colocado a matéria em votação. Ana Rita disse não ser contrária ao mérito da proposta e que pediu vista atendendo a solicitação do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que eventualmente poderia apresentar sugestões ao texto.

 

Agência Senado

What fashion trend will you never understand
watch game of thrones online free Like any and every website out there

The Psychology Of Fashion Design And Colour
free games online The feet are covered with shrink wrap and

4 More Satirists Attacked By People Who Missed The Point
online games Nike is the world leader in athletic shoes

Around the world Spring Summer 2015
cheapest flights day in the life span of a manner premium custom

6 Steps To Introducing Your Dog To Them
jeux fr Courses include online study of fashion design and illustration

Mens Black Rings and Black Wedding Rings
games that message matters although it can carry unintended connotations

The Top 8 Everything of 2012 For Better and Worse
kleider One car covered parking and one additional guest covered parking

Indian Fashion Bollywood Sarees Weeding Sarees
cool math games Trinidad native Anya Ayoung Chee

Compartilhar