Brasileiros estão entre cientistas mais influentes do mundo

Brasileiros estão entre cientistas mais influentes do mundo

Quatro pesquisadores brasileiros entraram na lista das mentes científicas mais influentes do mundo em 2015. A publicação “The World’s Most Influential Scientific Minds”, da editora Thomson Reuters, reuniu 3.126 pesquisadores, sendo a maioria oriunda de instituições norte-americanas.

Álvaro Avezum, do Instituto de Cardiologia Dante Pazzanese (Medicina Clínica), Paulo Artaxo, do departamento de Física da Universidade de São Paulo (USP), Adriano Nunes- Nesi, da área de Biologia Vegetal da Universidade Federal de Viçosa e Ado Jorio, do departamento de Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) são os brasileiros citados no ranking internacional, sendo os três último bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Cientistas mais influentes do mundo

Os cientistas foram selecionados em um universo com cerca de 9 milhões de pesquisadores, contabilizados pela Thomson Reuters. O critério de seleção utilizado foi o número de citações feitas aos artigos publicados, considerando o período de 2003 a 2013. Ou seja, quanto mais citado seu artigo, mais influente é o cientista.

De acordo com o levantamento, mais da metade dos nomes está vinculada a instituições norte americanas. O restante se divide entre Reino Unido, Alemanha, China, Austrália, Canadá, Holanda, Japão, França, Suíça, Arábia Saudita e Espanha. Ao todo, foram analisadas 21 áreas de pesquisa.

 

Fonte: Reuters

 

 

 

 

Compartilhar