Campus da Ufal no Sertão comemora cinco anos de atividade

Campus da Ufal no Sertão comemora cinco anos de atividade

Entre os pontos altos estão os conceitos dos cursos, bem avaliados pelo MEC e o empenho da comunidade acadêmica

Um oásis que leva prosperidade e conhecimento à região semiárida e enche de orgulho toda comunidade acadêmica e a população sertaneja. Assim é o Campus do Sertão da Universidade Federal de Alagoas, que neste domingo, 15, celebra cinco anos de sua implantação nos municípios de Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema. Além de ótima estrutura oferecida aos jovens, futuros profissionais e pesquisadores, a Ufal se destaca na avaliação dos cursos ofertados.

De acordo com a direção do Campus do Sertão, atualmente existem 1.800 alunos matriculados nos oito cursos ofertados. Sete desses já foram analisados e aprovados pelo Ministério da Educação (MEC) com ótimos conceitos em suas avaliações. Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, História e Pedagogia têm conceito 4; Engenharia Civil, Geografia e Letras, nota 3, o que, segundo o diretor-acadêmico Ivamilson Barbalho, revela excelentes conceitos quanto ao requisito qualidade dos cursos ofertados.

O diretor-geral do campus, Agnaldo Santos, diz que é uma emoção comemorar cinco anos de conquistas. “Sou da primeira turma de docentes do Campus do Sertão e participei da primeira aula inaugural, quando ainda nem tínhamos sede própria. Foi um dia histórico, com a presença de pessoas da cidade, da comunidade acadêmica e políticos do nosso Estado. Todos comemoram a conquista da chegada da Ufal no Sertão, em 2010”, vibrou.

Dois anos depois da inauguração, o campus foi transferido para sede própria, com amplas instalações e que foi se estruturando para chegar ao estágio atual. “Temos conseguido, num esforço conjunto de todos que fazemos o campus dinamizar nosso funcionamento. Nossos alunos de Engenharia de Produção fazem a diferença em nossa sede; eles desenvolvem projetos maravilhosos com aproveitamento de material que poderia ser considerado lixo. Também já desenvolveram um bicicletário, suporte para capacetes, sofás, pufes de pneu, entre outros produtos”, ressaltou.

Satisfação
“Dentre as muitas alegrias e conquistas efetivadas coletivamente no Campus do Sertão, ao longo desses últimos anos, no processo de interiorização da Ufal, temos a enorme satisfação de comemorar a própria consolidação da Universidade no interior, fato expresso pelo acolhimento das pessoas do entorno, dos órgãos de impressa, dos poderes instituídos, dos gestores municipais e instituições consolidadas. Esse reconhecimento e acolhimento têm sido fundamental para planejar e aprimorar nossas ações”, declarou Ivamilson Barbalho.

E as conquistas do Campus do Sertão não param por aí. Os ótimos conceitos dos cursos também refletem no excelente desempenho dos alunos que conseguem aprovação em programas de pós-graduação stricto sensu em várias áreas, além da participação de outros tantos no Ciências sem Fronteiras. “É motivo de muita alegria já dispormos de discentes aprovados em seleção de mestrado em Engenharia Civil, Pedagogia, História e Geografia, por exemplo. De igual forma, nosso campus tem conseguido enviar muitos alunos para diversas universidades do mundo, por meio do programa Ciência sem Fronteiras”, completou o diretor.
Ivamilson ressalta que a comunidade do Campus do Sertão tem somado várias conquistas ao longo dos cinco anos. “Tivemos uma imensa alegria com as conquistas de nossos alunos que mal concluíram a graduação e já foram aprovados em concursos públicos. Também conseguimos consolidar duas Empresas Júnior, além de inúmeros projetos de extensão e da engenharia de produto que potencializam nosso compromisso com a ética na pesquisa e nas relações humanas”, assegurou.

Infraestrutura
O Campus do Sertão dispõe de ótima infraestrutura, com salas de aulas climatizadas, ambientes de convivência, auditórios para médios e grandes eventos; excelente acervo da biblioteca com mais de 15 mil títulos e rede lógica ampliada. No fim do ano passado, a unidade de Delmiro Gouveia ganhou a filial da Editora da Ufal (Edufal), a única livraria da cidade.

Para o diretor-acadêmico, a Edufal no Campus do Sertão é resultado de um trabalho coletivo. “A Editora é um ambiente para ampliar horizontes no espaço acadêmico. Estou emocionado por conseguirmos concretizar esse projeto”, assegurou, quando da inauguração.

Para este ano, também, está prevista a inauguração do Restaurante Universitário (RU), que atenderá a demanda da comunidade universitária. “Também teremos a entrega do centro administrativo que vai maneira otimizar, ainda mais, os serviços dos setores e laboratórios”, revelou.

Pessoal
A direção do Campus do Sertão também comemora a conquista do plano de qualificação dos servidores. No quadro atual são 102 docentes e 40 técnicos-administrativos. “Nossa maior conquista é dispormos de um corpo de servidores [técnicos, professores e equipe de terceirizados] e da própria comunidade estudantil, articulados em torno de objetivos comuns, que discutem, planejam e realizam ações em favor do campus. Porém, isso tudo tem sido possível porque mediamos nossas atividades com amplo profissionalismo, máximo compromisso com valores éticos e pleno respeito ao ser humano”, finalizou.

Ascom/Ufal

Compartilhar