Candidatos à reitoria da UFRJ fazem primeiro debate nesta terça-feira no campus da Praia Vermelha

Candidatos à reitoria da UFRJ fazem primeiro debate nesta terça-feira no campus da Praia Vermelha

RIO – Começa hoje a corrida pela sucessão na reitoria da UFRJ. A partir das 18h, os quatro candidatos a substituir o reitor Aloísio Teixeira participarão de um debate no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), na Praia Vermelha. É o primeiro encontro entre Alcino Ferreira Camara Neto, Angelo Cunha Pinto, Carlos Antônio Levi da Conceição e Godofredo de Oliveira Neto, que oficializaram suas candidaturas na última terça. Conheça um pouco sobre cada um e veja aqui como funcionam as eleições que acontecem entrre 11 e 13 de abril na maior universidade federal do país.

Alcino Ferreira Câmara Neto é o candidato da Chapa 12, “A UFRJ de que o Brasil precisa”. Possui graduação e mestrado em Economia pela UFRJ e doutorado em Economia pela UFF. Entre 2002 e 2010 foi decano do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE) da UFRJ), e diretor da Faculdade Nacional de Direito, em 2004. Professor titula da UFRJ, foi chefe de Departamento de Economia e coordenador da graduação.

Angelo Cunha Pinto é o candidato da Chapa 99, “Por uma UFRJ transparente”. Com graduação em Farmácia pela UFRJ, mestrado em Química pelo IME e doutorado em Química pela UFRJ, é professor titular da universidade e já foi diretor do Instituto de Química. Membro titular da Academia Brasileira de Ciências, Pinto é também editor do Journal of the Brazilian Chemical Society e da Revista Virtual de Química.

Carlos Antônio Levi da Conceição é o candidato da Chapa 10, “A UFRJ em movimento!”. Possui graduação em Engenharia Naval e mestrado em Engenharia Oceânica pela UFRJ, e doutorado em Arquitetura Naval, pela University of London. Professor associado da UFRJ, é pró-reitor de planejamento e desenvolvimento e coordenador do Laboratório de Tecnologia Oceânica/COPPE.

Godofredo de Oliveira Neto é o candidato da Chapa 20, “A UFRJ que buscamos”. Com graduação e mestrado em Letras na Université de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) e doutorado em Letras na UFRJ, Oliveira Neto é professor de literatura brasileira nos cursos de graduação e pós-graduação da UFRJ desde 1980. Romancista e contista, ele conquistou o Prêmio Jabuti em 2006 com o romance “Menino oculto”.

Compartilhar