Capes fixa valores máximos de bolsas de estudo para estrangeiros

Capes fixa valores máximos de bolsas de estudo para estrangeiros

Bolsa de iniciação científica é de R$ 360 e de pós-doutorado é de R$ 3.300. Em setembro, 537 estudantes tinham o benefício

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) fixou nesta segunda-feira (25) os valores máximos de bolsas de estudo para estrangeiros que estudam no Brasil. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União. Os valores, de acordo com o texto, são de R$ 360 para iniciação científica, de R$ 750 para graduação e graduação sanduíche (quando uma parte dos estudos é feita no Brasil e outra no exterior), de R$ 1.200 para mestrado e mestrado sanduíche, de R$ 1.800 para doutorado e doutorado sanduíche e de R$ 3.300 para pós-doutorado.

Segundo a Capes, 537 estudantes estrangeiros eram beneficiários das bolsas no país em setembro deste ano. Do total, 191 faziam iniciação científica, 34 faziam mestrado, 283 estavam no doutorado e 29 faziam pós-doutorado. As bolsas já são oferecidas desde 2008 pela Capes. De acordo com a portaria da coordenação, os prazos do auxílio são definidos pelos programas de cooperação internacional da Capes. Os estudantes são proibidos de acumular bolsa da Capes e de outras agências de fomento do país.

Compartilhar