CNPq discute novos critérios para concessão de bolsas de produtividade em pesquisa

CNPq discute novos critérios para concessão de bolsas de produtividade em pesquisa

A Comissão de Assessoramento Tecnológico-Científico (CATC) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT) reuniu-se na última quarta-feira (13/5) na sede da agência em Brasília, com o objetivo de fechar a proposta dos novos critérios para concessão de bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ). Estes critérios serão, agora, submetidos ao Conselho Deliberativo do CNPq.

Na reunião, presidida pelo diretor de Programas Temáticos e Setoriais (DPT) do CNPq, José Oswaldo Siqueira, também foi discutida a nova configuração dos Comitês Assessores (CAs) que passam por processo de reavaliação dos seus critérios.

"Consideramos um grande avanço chegar a esta definição de critérios gerais, na visão do CNPq. Critérios que poderão garantir uma maior visibilidade aos critérios de avaliação e uma melhor comparabilidade", afirmou o pesquisador Jailson Bittencourt de Andrade, da Universidade Federal da Bahia, membro da Comissão.

Criada em maio de 2008, a CATC é responsável por assessorar a diretoria executiva do CNPq na coordenação das atividades dos comitês de assessoramento, propondo diretrizes e normas sobre o funcionamento dos comitês e sobre os critérios de julgamento de bolsas e auxílios.

Formada por 14 integrantes, a CATC tem como membros o diretor José Oswaldo Siqueira, da Diretoria de Programas Temáticos e Setoriais (DPT), também presidente da Comissão, e o diretor José Roberto Drugowich, da Diretoria de Programas Horizontais e Instrumentais (DPH), e os pesquisadores Argelina Figueiredo, do Iuperj; Armando Cervi, da UFPR; Jailson Andrade, da UFBA; Leonardo Richtzenhain, da USP; Luciano Mendes Filho, da UFMG; Manoel Barral Netto, da Fiocruz-BA; Paulo Rogério Menandro, da Ufes; Rafael Linden, da UFRJ; e Romildo Toledo Filho, também da UFRJ.
 

Compartilhar