CNPq lança edital que visa fixação de doutores em novos campi e universidades

CNPq lança edital que visa fixação de doutores em novos campi e universidades

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) lançou edital que visa contribuir para a fixação de recursos humanos e consolidação de novos campi e novas universidades. Por meio da concessão de bolsas ao pesquisador, o objetivo é incentivar a produção científica por doutores contratados em caráter definitivo ou a serem incorporados por concurso ou transferência para unidades das novas universidades e novos campi das Instituições Federais de Ensino Superior. Os interessados devem se inscrever pelo site do CNPq até o dia 4 de maio.

O Edital tem por objetivo apoiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, mediante a seleção de propostas para apoio financeiro principalmente em regiões ainda carentes de doutores e assim fomentar as pesquisas orientadas e adaptadas à realidade local, contribuindo de forma determinante para o desenvolvimento sustentado da região. Essa oportunidade coaduna com as negociações realizadas na Andifes desde agosto de 2008, pela iniciativa do Programa de Apoio a Pós-Graduação das IFES (PAPG-IFES), que tem como meta consolidar e expandir os programas de formação pós-graduada, superando as diferenças regionais e de áreas de conhecimento. Em reunião no CNPq no final de 2008, o presidente da Andifes reitor Amaro Lins (UFPE) e o 1º vice-presidente reitor Edward Madureira Brasil (UFG) já haviam discutido o presente edital com o Diretor de Programas Temáticos e Setoriais do CNPq, José Oswaldo de Siqueira.

Os projetos serão selecionados conforme a adequação ao edital e a relevância das propostas, que serão submetidas a um comitê julgador e depois à diretoria executiva do CNPq. O prazo máximo para execução das iniciativas contempladas é de 36 meses.

O Diretor de Programas Temáticos e Setoriais do CNPq José Oswaldo de Siqueira falou ao Portal Andifes sobre o novo edital:

Portal Andifes – Qual é a maior preocupação do CNPq com o lançamento deste tipo de edital?

Siqueira – Há um esforço do governo federal quanto à política de Ciência e Tecnologia e de Educação no sentido de combater as desigualdades regionais, já que a CeT está muito concentrada nas regiões Sul e Sudeste do país. Desse modo, o CNPq tem várias ações para estimular ensino e pesquisa nas regiões de baixa densidade, principalmente nos novos campi e universidades que oferecem opções de concursos para docentes. A ideia do CNPq é conceder bolsa de pesquisa e auxílio para fixar o doutor nessas regiões e viabilizar a formação de núcleos. Então, ele tem além da bolsa, um auxílio e uma bolsa de iniciação científica para ser concedida a um aluno de bom desempenho.

Portal Andifes – Esta é uma necessidade estratégica do país?

Siqueira – Sim, isso faz parte de um plano estratégico do governo federal, por meio do CNPq, com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia. Há outras ações para fortalecer a atividade de formação de recursos humanos e pesquisas científicas e tecnológicas nessas novas instituições que estão no conceito do ciclo de expansão do MEC – mais de uma dezena de novas universidades e campi por todo o país.

Clique aqui para conferir o edital.

Compartilhar