Conselho adia votação sobre currículo do ensino médio

Conselho adia votação sobre currículo do ensino médio

O CNE (Conselho Nacional de Educação) decidiu adiar nesta quarta-feira a votação de novas diretrizes curriculares para o ensino médio, que dão mais autonomia para as escolas montarem seu currículo.

A proposta em estudo prevê que um colégio possa priorizar determinadas disciplinas em detrimento de outras, mas nenhuma área do conhecimento poderá deixar de ser ensinada. Estão previstas ainda disciplinas eletivas.

No ensino médio noturno, a ideia é aumentar a duração dos atuais três anos para quatro, já que a carga horária é menor do que no período diurno.

Ainda não há nova data para votação no CNE. E, depois que o texto for aprovado, ainda tem que ser homologado pelo ministro da Educação para entrar em vigor.

Compartilhar