Consulta pública vai discutir desenvolvimento institucional da UFJF

Consulta pública vai discutir desenvolvimento institucional da UFJF

A comissão responsável pela elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional da UFJF prepara a fase de consulta pública, quando alunos, docentes e Técnico-Administrativos em Educação (TAEs) poderão participar amplamente do debate, com críticas, opiniões e sugestões, sobre as diretrizes a serem adotadas pela instituição. O Plano servirá como base de todo o planejamento da Universidade para o próximo quinquênio.

A fase de consulta pública será dividida em dois formatos. O primeiro envolve a possibilidade de sugestões online, através do Siga, onde haverá um campo livre para cada usuário emitir suas ideias e propostas. O sistema ficará aberto para este fim no período de 18 a 29 de maio.

Já o segundo formato envolve a organização de dois eventos presenciais, abertos à comunidade acadêmica, sendo um no campus avançado de Governador Valadares, no dia 21 de maio, e outro, na UFJF, no dia 25 de maio. Estes encontros terão a dinâmica de audiência pública, na parte da manhã, e de formação de Grupos de Trabalho (GTs) na parte da tarde, com relatores que, ao final, apresentarão as proposições, alterações e temas sugeridos para serem incluídos ao documento.

Nas fases anteriores, os responsáveis por unidades acadêmicas, órgãos suplementares e demais setores da UFJF responderam a questionários, com informações sobre o que pretendiam alcançar nos próximos cinco anos e quais ações pretendiam realizar para atingir tais objetivos. Em seguida, estas informações foram enviadas às pró-reitorias, para que apontassem as prioridades a serem incluídas no Plano. Também foram solicitadas às entidades representativas das classes de docentes, discentes e TAEs suas sugestões para a formulação do documento.

O Plano de Desenvolvimento visa estabelecer políticas institucionais de ensino, pesquisa, extensão, gestão de pessoas e administração, além de definir formas de interação com a sociedade. Sua elaboração prevê a participação democrática de órgãos, unidades e demais setores da UFJF, buscando maior eficiência durante sua execução, por responder às demandas particulares das atividades acadêmicas e administrativas, nos níveis operacional e tático, possibilitando definir as melhores estratégias para as ações da Universidade.

O objetivo é de que o Plano se constitua em documento vivo, ou seja, todas as ações realizadas dentro da instituição devem atender ou estar em consonância com objetivos ou diretrizes externalizadas no documento. No entanto, de acordo com a comissão, o Plano deve ser norteador e não uma peça de engessamento de gestão.

Ascom UFJF

Compartilhar