Dilma discutirá novo ministério com Pezão e Paes

Dilma discutirá novo ministério com Pezão e Paes

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff vai se encontrar hoje com o governador Luiz Fernando Pezão e com o prefeito Eduardo Paes para conversar sobre a composição de seu novo ministério. Ela pretendia fechar ainda nesta semana os nomes dos ministros do PMDB, mas impasses no partido de seu vice, Michel Temer, suspenderam o anúncio. Até agora, Dilma e Temer definiram que os peemedebistas comandarão seis ministérios. No entanto, ela sinalizou que acha importante abrir seu governo a um indicado por Pezão e Paes porque considera que eles foram decisivos para sua reeleição. Pré-candidato de Paes à sua sucessão no Rio de Janeiro em 2016, o deputado Pedro Paulo é visto como o favorito para o posto de ministro.

– Pedro Paulo ficaria um ano e meio no governo para ganhar um upgrade. A presidente conversará amanhã (hoje) com Pezão e Paes sobre o assunto – disse ontem uma fonte do Planalto.

Há duas semanas, assim que surgiu a ideia de a presidente destinar uma pasta a um aliado de Pezão e Paes, o prefeito e Pedro Paulo relutaram em aceitar o posto. Naquele momento, a avaliação era de que a ida para a Esplanada poderia inviabilizar o nome do deputado para a corrida à prefeitura, já que a lei eleitoral o obrigaria a sair do governo no primeiro semestre de 2016. Nos últimos dias, no entanto, o cenário mudou. A presidente foi informada sobre o interesse na disputa municipal e não se mostrou radicalmente contra a hipótese.

IMPASSE NA PREVIDÊNCIA

Além desta questão, o adiamento no anúncio dos novos ministros deveu-se a dificuldades no PMDB com relação a outras pastas a serem ocupados pelo partido. O problema mais recente é que o presidente da Câmara, Henrique Alves (RN), disse à cúpula da legenda que não aceita o Ministério da Previdência, que havia sido proposto por Dilma. Henrique Alves quer o Ministério da Integração Nacional. Esta pasta, porém, “não está liberada para o PMDB”, como disse ontem um integrante do governo.

Hoje, a Integração Nacional é comandada por Francisco Teixeira, indicado pelo governador do Ceará, Cid Gomes, que é do PROS, e ele tem prioridade para decidir se quer mantê-la ou se aceitará assumir o Ministério da Educação.

Outro impasse é qual vaga será oferecida ao deputado Eliseu Padilha (RS). A bancada de deputados da legenda fechou posição a favor de sua indicação, mas quer uma pasta de peso. Circulou a ideia de Padilha ir para a Secretaria de Assuntos Estratégicos, mas o partido quer um posto de destaque, como a das Cidades – que, no entanto, deve ser oferecida ao ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD).

Outra alternativa seria a Secretaria dos Portos, que está sob o comando do PR, com César Borges. A cúpula do partido não faz questão de mantê-lo, desde que o Ministério dos Transportes seja preservado pela legenda.

 Simone Iglesias – O Globo

Fashion designer Francisco Azucar dies
watch game of thrones online free and nights on the town

How to Build a Fashion Website for Free
free games online Americans come to Toronto

Do People Wear Socks With Peep Toe Booties
games online high 5 extravagant clutch suitcases for this purpose the cold season

How to Fashionably Dress for your Cruise
cheap flights Press the stickers down and paint over each of them

can you help me fix the toes on my boots
forever21 We are confident that as the world economies improve

Crocs and Other Trendy Companies
free online games laura ashley is disapated following fall

Is Bertha Lynn getting fired
games Baby girl dresses and shoes are one of the cutest things ever

Fashionable dress styles to flatter broad shoulders
cool math Nor does it mean to clash the colors

Compartilhar