Diretoria Executiva participa de reuniões em Brasília

Diretoria Executiva participa de reuniões em Brasília

A Diretoria Executiva da Andifes realizou dia 12, em Brasília, várias reuniões para tratar dos principais assuntos relacionados às Universidades Federais, como orçamento, greve e o planejamento de trabalho da Associação para os próximos meses. Os diálogos aconteceram com os secretários do Ministério da Educação (MEC), com os comandos de greve do Andes e da Fasubra, e com a presidente da Frente Parlamentar Mista Pela Valorização das Universidades Federais, deputada Margarida Salomão.

A primeira atividade da Diretoria Executiva foi organizar a agenda interna da Associação, com a elaboração da programação da próxima reunião do Conselho Pleno, marcada para o dia 26 de agosto. Entre os temas que entrarão em discussão estão o planejamento orçamentário de 2015 e 2016 e a paralisação nas Universidades Federais, com a previsão das participações do secretário executivo do MEC, Luiz Cláudio e do secretário de educação superior (SESu), Jesualdo Pereira.

Em plenário também será consolidado, com as contribuições de todos os reitores, o plano de trabalho da Andifes para os próximos doze meses. As diretrizes iniciais deste plano serão traçadas no dia 25, com a realização de uma reunião da Diretoria Executiva com os presidentes e coordenadores dos colégios e fóruns, ligados à Andifes. Na próxima semana, dia 19, a diretoria se reunirá com o presidente da Capes, Carlos Afonso Nobre, para tratar sobre financiamento da pós-graduação deste ano e de 2016.

Com a organização da agenda interna concluída, os membros da Diretoria Executiva se reuniram no MEC, com os secretários Luiz Cláudio, Jesualdo Pereira e com a subsecretária de planejamento e orçamento, Iara Pinheiro. No encontro foi tratado sobre valores do orçamento previsto para 2016, já enviados para as universidades, e reiterada a necessidade de uma reunião do conjunto de reitores com a presidente Dilma Rousseff.

Também se iniciou o diálogo para realização de um trabalho, em conjunto entre Andifes e MEC, que pretende avaliar os principais programas em andamento referentes à educação superior, como ENEM, Sisu, PIBID, PARFOR, UAB, entre outros. Ao final do encontro foi solicitado ao MEC maior celeridade das respostas quanto às demandas das Universidades Federais, discutidas individualmente com a SESu.

dereuniao 309

 

GREVE
A Diretoria Executiva também se reuniu, na sede da Andifes, com os comandos de greves do Andes e da Fasubra. As duas categorias reapresentaram suas pautas de reinvindicações e pediram apoio da Associação para melhorar o processo de interlocução com o Governo. A presidente da Andifes, Maria Lucia Cavalli Neder, informou que a Associação solicitou ao Ministério da Educação intensificação do diálogo com os comandos de greve para que se acelere o fim da paralisação. A Andifes também se compromete em compor mesa de discussão sobre as demandas, após o enceramento da paralisação.

dereuniao 152

A última atividade da Diretoria Executiva foi receber a presidente da Frente Parlamentar Mista Pela Valorização das Universidades Federais, deputada Margarida Salomão. A parlamentar quis se atualização sobre as principais demandas das universidades para que o Congresso auxilie estas instituições na busca de melhores encaminhamentos.

dereuniao 329

Margarida Salomão ouviu da diretoria que as prioridades de curto prazo giram em torno da preservação do orçamento das Universidades Federais, em especial da pós-graduação, fim da paralisação e agendamento da reunião com a Presidente da República com a mais brevidade possível. “Continuo firme com o meu compromisso de mediar um diálogo das universidades com o Governo Federal para resolvermos todas essas situações”, afirmou a deputada.

Andifes

Compartilhar