Educação planeja mobilizar rede estadual para uso de plataforma digital de estudos do Enem?

Educação planeja mobilizar rede estadual para uso de plataforma digital de estudos do Enem?

Os estudantes que irão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 já contam com uma inovadora ferramenta para implementar os estudos. A plataforma Hora do Enem foi lançada nesta semana pelo Ministério da Educação (MEC) e conta com mídias diversas que visam oferecer aos alunos da 3ª série do ensino médio uma oportunidade de se prepararem mais para o exame, que é a forma de entrada para as universidades públicas brasileiras.

Para acessar a plataforma, os estudantes devem entrar no site da Hora do Enem, no portal da TV Escola. Lá, eles têm acesso a conteúdos específicos para a avaliação, além de vídeoaulas, planos de estudos personalizados e simulados com questões nos moldes das que são aplicadas na prova nacional.

O primeiro simulado oferecido por meio da nova plataforma será realizado no próximo dia 30 de abril. Para participarem, os estudantes devem se cadastrar neste link. A partir do dia 12, as inscrições estarão abertas para os alunos se cadastraram. As provas foram criadas seguindo a mesma metodologia utilizada nas questões do Enem. Ao completar o simulado, o aluno poderá comparar a nota com a necessária para ser aprovado no curso e faculdade em que queira entrar.

No Tocantins, quase 67 mil estudantes se inscreveram no Enem em 2015, entre alunos matriculados na 3ª série do ensino médio, recém-concluintes e demais inscritos. Atualmente, quase 20 mil alunos estão matriculados no último ano do ensino médio tocantinense nas redes estadual, municipal, federal e particular.

De acordo com a coordenadora de Ensino Médio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Maristélia dos Santos, o primeiro passo da Pasta será iniciar, ainda na primeira quinzena de abril, a mobilização junto às Diretorias Regionais de Educação (DRE) e às escolas da rede estadual de ensino.

“Nós recebemos o documento oficial do MEC hoje e estamos reunidos para planejar a mobilização que será feita no Estado”, destacou a coordenadora, enfatizando a parceria que deverá ser feita com as universidades tocantinenses, conforme a orientação do MEC, para que sejam disponibilizados computadores aos estudantes que não os possuam, ou não tenham acesso à internet.

Importância

A união de diversos modelos de mídias como forma de fortalecer a preparação dos alunos para o Enem, promovida pela plataforma digital ganha uma importância maior, principalmente em um mundo visualizado por telas de computadores, celulares e tablets. Desta forma, comenta Maristélia, todo tipo de ferramenta que venha a aperfeiçoar as práticas de estudo para a avaliação do Inep é sempre bem-vinda.

“Este tipo de ferramenta, do ponto de vista pedagógico, é de extrema relevância, pois possibilita ao aluno novas experiências educacionais e é um atrativo a mais na hora de estudar”, ponderou.

SURGIU.COM

 

Compartilhar