Eleição para reitoria da UFRJ terá segundo turno

Eleição para reitoria da UFRJ terá segundo turno

A Comissão Coordenadora do Processo Sucessório (CCPS) divulgou no início da noite desta sexta-feira, 17 de abril, o resultado parcial da apuração de votos para eleição da nova Reitoria da UFRJ, que fará a gestão do quadriênio 2015-2019. Às 18h, a apuração das 120 urnas eletrônicas de toda a universidade indicava a Chapa 30, “Somos Todos UFRJ”, encabeçada pela professora Denise Pires, como a mais votada, e a Chapa 20, “UFRJ autônoma, crítica e democrática”, liderada pelo professor Roberto Leher, em segundo lugar.

No início da noite, ainda restavam 40 das 50 urnas tradicionais, com votos em cédulas a serem apurados, entretanto, com pouca probabilidade de mudança no cenário. De acordo com o regimento do processo eleitoral, os votos “em separado” precisam ser conferidos e validados e, por isso, ainda não era possível dizer a quantidade total de votos restantes.

A Chapa 10, “Juntos pela UFRJ: unidade na diversidade”, ficou em terceiro lugar, tendo como candidata à reitora a professora Angela Rocha, do Instituto de Matemática, e Carlos Rangel, da Faculdade de Farmácia, como vice.

Princípio da ponderação define somatório de votos

O processo eleitoral da UFRJ segue o princípio da ponderação paritária. No regimento, são contabilizados separadamente os votos de docentes, técnico-administrativos e alunos, cujo peso final no somatório é de 1/3 para cada categoria. Assim, os pesos dos votos de docentes têm preponderância sobre os de técnicos que, por sua vez, têm maior peso que os votos de discentes.

Com 5.115 votos, a Chapa 30 teve 1.276 votos de docentes, 1.615 votos de técnico-administrativos e 2.224 votos de estudantes. Totalizando 8.507 votos, com expressiva participação dos alunos (6.353), a Chapa 20 recebeu 672 votos de docentes e 1.482 de técnico-administrativos. Já a Chapa 10 totalizou 3.012 votos, sendo 892 docentes, 1.000 técnicos e 1.120 alunos.

Foram registrados, ainda, 166 votos em branco e 353 nulos.

Denise Pires, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, tem como vice-reitor o professor Walter Suemitsu, da Escola Politécnica. Roberto Leher, da Faculdade de Educação, tem como vice a professora Denise Nascimento, da Faculdade de Odontologia.
Acompanhando a apuração, Denise Pires comemorou o resultado. “Ficamos felizes por termos conseguido maioria entre o corpo permanente da universidade. Fico feliz também por ter tido a preferência dos alunos que me conhecem do Instituto de Biofísica. Os alunos são nossa razão de ser”, afirmou a candidata da Chapa 30. “Agora, no segundo turno, vai ser uma campanha propositiva. Espero que seja um debate de ideias para melhorarmos a universidade. Outras IFES [Instituições Federais de Ensino Superior] têm avançado e nós não”, concluiu Denise Pires.

Candidato da Chapa 20, Roberto Leher também demonstrou sua satisfação por ter passado ao segundo turno da eleição. “Foi uma votação consagradora. Tivemos uma boa votação entre técnico-administrativos e professores também. Queríamos esse apoio dos estudantes e conseguimos passar nossa mensagem”, afirmou o professor. “A votação atendeu nossas expectativas. Sobretudo porque tivemos menos tempo de campanha do que as outras chapas”, concluiu.

Os dias 27, 28 e 29 de abril estão reservados para campanhas e debates e as votações do segundo turno serão nos dias 4, 5 e 6 de maio, com divulgação de resultados no dia 7 do mesmo mês. No dia seguinte, a CCPS elabora uma lista tríplice, a ser enviada para o Ministério da Educação.

O Portal UFRJ segue com a cobertura completa do processo de sucessão da Reitoria e a WebTV UFRJ transmitirá os debates oficiais ao vivo, assim como a apuração dos votos.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro

A UFRJ é a maior universidade federal do Brasil, com 266 cursos de graduação e habilitações, 94 programas de mestrado acadêmico, 25 de mestrado profissional e 89 programas de doutorado. Seu corpo acadêmico é composto por 62.240 alunos, 4.036 docentes e 9.300 servidores técnico-administrativos.

A universidade possui dois campi e diversas unidades de ensino no município do Rio de Janeiro, um polo em Xerém, no município de Duque de Caxias, e um campus em Macaé, no interior do estado. Referência no ensino, na pesquisa e na extensão, a universidade se destaca nas mais diversas áreas do conhecimento.

JEAN SOUZA – ASSESSOR DE IMPRENSA DO GABINETE DO REITOR
assessoria@reitoria.ufrj.br
Colaboraram Natalia Sales, da Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor, e Bruno Franco, da Assessoria de Comunicação da Coppe/UFRJ

Compartilhar