Ensino superior e sociedade

Ensino superior e sociedade

O mundo poderia ser melhor e mais tranquilo, e a vida mais compreensível, se as universidades, em vez de olharem para o mercado de trabalho para identificar suas demandas, olhassem para a sociedade para identificar o que ela mais precisa. Creio que, assim, o mundo poderia avançar.

Hoje, a formação acadêmica segue a seguinte lógica: as faculdades oferecem cursos tradicionais, nossos velhos conhecidos, que pouco têm mudado para permitir que os novos profissionais entendam melhor o mundo atual e possam nele intervir de modo inovador.

Quando cursos são criados, isso acontece em função exclusivamente da economia, ou seja, da abertura de novas chances no mercado e das possibilidades de profissões rentáveis em nosso contexto. A economia tem funcionado como um eixo importante para as faculdades e também para os jovens que as procuram. Melhor dizendo, para o mundo.

Mas e nossa vida em sociedade, tão plena de agruras, dissabores e incompreensões, não mereceria o mesmo olhar atencioso? Afinal, sem uma vida boa e digna em sociedade, de pouco adianta a economia ir muito bem. Já temos sentido isso na pele.

E quais cursos de que estamos precisando muito poderíamos oferecer na atualidade? Que tal podermos contar, por exemplo, com um curso de diplomacia familiar? O relacionamento familiar tem demandado especialistas em diplomacia, porque os conflitos já não são os mesmos de antes, tampouco as famílias.

Noras e filhas, para citar um exemplo, têm estranhado suas mães e sogras em relação aos cuidados com os seus filhos. Acredita, caro leitor, que há mães que deixam seus filhos pequenos com sua própria mãe ou sogra e monitoram por câmera o que acontece? E que há jovens mães que ficam escandalizadas quando a sogra ou a mãe as aconselham, tomam determinadas atitudes com o neto, criticam a maneira como o neto tem sido criado?

E os pais, já velhos, que não aceitam sair do palco e ceder a vez para que seus filhos brilhem? E os filhos às voltas com um fim de vida difícil de seus pais? E o relacionamento entre irmãos, competitivo e/ou possessivo mais do que enciumado?

Essas questões e outras criam incidentes diplomáticos dos mais complexos para o grupo familiar. Precisamos ou não de especialistas em relações diplomáticas familiares?

Poderíamos ter, também, profissionais formados para colaborar com a formação dos nossos jovens que, tão plurais e diferentes entre si, precisam de ajuda. Eles precisam aprender a criar resiliência na vida pessoal e na profissional e a encontrar seu foco na vida. Precisam também perceber que, para se comunicar, é preciso reconhecer que hoje há múltiplos ambientes e que cada um deles exige um tipo específico de comunicação.

Precisam de ajuda também para entender que a complexidade das escolhas reside nas renúncias, o que é difícil aceitar num mundo que insiste em dizer que não devemos renunciar a nada. Além disso, eles precisam entender que, queiram ou não, sempre fazem política, e que ser ético e justo é uma escolha. Essas questões nos mostram que precisamos de um curso de assistente de jovens, ou coisa semelhante.

É claro que diferentes profissionais podem realizar essas funções, mas o ideal seria não termos de recorrer a um batalhão de profissionais para conseguirmos ajuda em questões que pertencem ao mesmo campo. Que venham, portanto, as universidades com novos cursos!

 

 

 

 

Folha de São Paulo

 

 

G Has Some Great Deals On Produce This Week
free games online Pandora And Sirius XM Play Different Tunes

Amazing Dining Experience At The Restaurants In Mexico
online games How to Write a Description of Fashion Show Outfits

Mix and Match with the Season
mermaid wedding dresses How To Buy Men’s Fashionable Suspenders

Sandbaggers WOMEN’S ANNA GOLF SHOE RED
cheap flights Help my friends and family in need

5 Hottest Cheap iPod Models in Demand
forever21 popular encouragement twine

line of watches on sale
onlinegames excellent account of the school standard

All To Know About Tailored Suits
kleider These are some of the benefits of using sunscreen everyday

Top Places to Shop for Casual Petites
ballkleider and careers selling online

Compartilhar