Entidades avaliam campanha de enfrentamento ao Aedes

Entidades avaliam campanha de enfrentamento ao Aedes

A Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) – representada pela vice-presidente, a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Maria Paiva Cruz – e outras entidades se reuniram ontem, (8), com ministro da Educação (MEC), Aloizio Mercadante, para avaliar as ações realizadas no combate ao mosquito Aedes aegypti. Em fevereiro, a Andifes e outras 18 instituições assinaram o Pacto da Educação Brasileira contra o Zika, que visa articular uma grande rede de mobilização para realizar um plano e enfrentamento, em todos os segmentos da educação brasileira.

Segundo a vice-presidente da Andifes, a reitora Ângela Maria Paiva Cruz, as Universidades Federais aderiram à campanha e tem trabalhado intensamente. “Estamos mobilizando a comunidade universitária para vencer o mosquito”, destacou.

Mariana Leal/MEC.

Mariana Leal/MEC.

De acordo com Mercadante, o ministério estará atento ao ciclo de incidência do mosquito e que as ações de combate deverão ser contínuas. “Não podemos relaxar, pois o Aedes sempre volta. Para isso, estão previstas ações de mobilização de toda a comunidade escolar”, afirmou o ministro da Educação.

O ministro adiantou ainda, o lançamento de um concurso, que vai premiar redações de alunos da escola básica, artigos de iniciação científica, vídeos, etc. Na ocasião, o reitor da UFC, Henry Campos foi indicado formar um grupo de trabalho (GT), que vai elaborar o edital.

 

 

 

Compartilhar