Expansão: Univasf assina protocolo de intenções com prefeituras

Expansão: Univasf assina protocolo de intenções com prefeituras

Prefeitos e secretários de Educação de sete cidades do centro-norte baiano e da cidade de Petrolina (PE) estiveram na última segunda-feira, dia 23 de março, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) para assinatura de protocolo de intenções que objetiva o desenvolvimento de ações conjuntas para implantação e consolidação do campus universitário de Senhor do Bonfim (BA), onde funcionará o curso de Ciências da Natureza. A graduação, voltada à formação de professores de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental também será oferecida no campus de São Raimundo Nonato, no Piauí.

A solenidade aconteceu na sede administrativa da Univasf, em Petrolina, com a presença do reitor da universidade, professor José Weber Freire Macedo; do prefeito de Senhor do Bonfim, Paulo Batista Machado, do coordenador do Programa de Apoio ao Plano de Expansão e Reestruturação das Universidades Federais (Reuni/Univasf), professor Manoel Messias, e demais autoridades acadêmicas e políticas locais.  "A chegada da Univasf em Senhor do Bonfim é um sonho antigo e marca a consolidação de nossa região como um pólo universitário", disse Paulo Batista Machado.  O novo campus de Senhor do Bonfim abrange uma microrregião formada por nove municípios.

Os primeiros alunos vão ingressar no segundo semestre de 2009. Inicialmente as aulas serão ministradas no Instituto Federal de Ensino Tecnológico (IFET/Senhor do Bonfim) até que as obras da primeira etapa do campus definitivo sejam concluídas em 2010. As instalações vão ocupar uma área de 10 mil metros quadrados, doada à Univasf pela Prefeitura da cidade.

Ao falar sobre a importância do curso de Ciências da Natureza, o reitor José Weber expressou a sua preocupação com o déficit de professores no País, sobretudo na área de Ciências. De acordo com os dados apresentadas por ele, cerca de 350 mil professores da Bahia não tem graduação e 300 mil não possuem formação específica. Além disso, José Weber chamou a atenção para a estatística nacional que aponta um déficit de 700 mil professores. "Se o Brasil aspira ser como China, Koreia ou Alemanha terá que enfrentar os desafios do ensino das ciências, oferecendo formação qualificada aos nossos professores", argumenta. 

O coordenador do Colegiado Acadêmico de Senhor do Bonfim, professor Eduardo Clemente, explica que o curso de Ciências da Natureza terá duração de três anos. Segundo ele, a idéia é também oferecer especializações nas áreas de Física, Química e Biologia. Outras iniciativas vão envolver projetos de popularização da ciência, através do Espaço de Ciência e Cultura da Univasf.     

VESTIBULAR 2009.2

As inscrições para o primeiro Vestibular dos cursos do Reuni (Ciências da Natureza, Ciências Farmacêuticas, Ciências da Atividade Física, Ciências Sociais, Engenharia Agronômica, Ciências Biológicas e Artes Visuais), e outras cinco graduações com vagas remanescentes do Vestibular 2009 (Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção) estão previstas para o período de 7 a 22 de abril. De acordo com a programação preliminar, as provas serão realizadas no dia 10 de maio. O calendário oficial e o edital do concurso deverão ser divulgados esta semana.

 

Compartilhar