Expansão universitária é tema de reunião na Reitoria da UFVJM

Expansão universitária é tema de reunião na Reitoria da UFVJM

No mês de novembro, o reitor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Gilciano Saraiva Nogueira, recebeu prefeitos, deputados e outras lideranças da região em uma reunião para discutir e organizar a atuação conjunta da reitoria com a sociedade civil e com as forças políticas para viabilizar a possível expansão da universidade.

Estiveram presentes o deputado federal Reginaldo Lopes, os deputados estaduais Jean Freire e Cristiano Silveira, os prefeitos municipais Fabiany Ferraz (Almenara), Armando Paixão (Araçuaí), José Antônio Alves de Sousa (Capelinha), Manoel Jorge de Castro (Januária) e Ramon Ferraz (Nanuque), o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do Instituto Federal do Norte de Minas (IFNMG), Alisson Magalhães Castro, o diretor de Administração e Planejamento do Campus Diamantina do IFNMG, Paulo Marinho de Oliveira, além de outras lideranças políticas e comunitárias das regiões de abrangência da UFVJM, gestores educacionais e membros da administração superior da universidade.

O reitor iniciou a reunião fazendo uma apresentação do crescimento da UFVJM nos últimos anos, das prioridades de sua gestão (2015-2019), destacando que uma das consequências positivas da expansão universitária é o desenvolvimento dos municípios e das regiões circunvizinhas que recebem um campus. O reitor apresentou, ainda, os atuais problemas enfrentados pela universidade neste momento em que o país enfrenta dificuldades políticas e econômicas, principalmente no que tange a restrição orçamentária para investimentos e, principalmente, manutenção e custeio da sede da instituição e de seus campi.

Plano de Desenvolvimento Institucional

O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) traça a identidade da universidade no que diz respeito ao sentido de sua existência, à missão a que se propõe, à sua linha pedagógica, às suas atividades acadêmicas, à sua configuração organizacional, aos recursos materiais disponíveis e às suas pretensões futuras.

No atual PDI da UFVJM, que tem vigência prevista até 2016, constam como municípios potencialmente aptos a receberem a instalação de novos campi da universidade Almenara, Araçuaí, Capelinha, Januária e Nanuque. Uma das etapas necessárias para a concretização da futura expansão é que o Conselho Universitário (Consu) da UFVJM aprove a manutenção dos municípios para a próxima versão do PDI, que será elaborada a partir de 2016.

União em busca de soluções

Todos os prefeitos presentes manifestaram o desejo de seus municípios de ter um campus da UFVJM e, sensibilizados com a atual situação financeira por qual passa a instituição, frisaram a importância da união entre a universidade, os municípios e as lideranças políticas em prol do fortalecimento da UFVJM e da busca conjunta de propostas e soluções para que a expansão universitária seja possível. “Nós queremos o nome, a marca da UFVJM em nossa região. Não estamos aqui para pedir cursos, estamos nos comprometendo com a universidade a buscar recursos e soluções não somente para os nossos municípios, mas para toda uma região”, enfatiza o prefeito de Januária, Manoel Jorge de Castro.

Os deputados também ressaltaram a necessidade e importância de um trabalho coletivo entre UFVJM e lideranças políticas para apresentar um novo projeto de expansão ao MEC, ajustado em conformidade ao atual contexto nacional. Os deputados estaduais Jean Freire e Cristiano Silveira se dispuseram a atuar na busca de recursos e possibilidades para a causa. “Coloco nosso mandato à disposição dessa luta, pois já passou da hora de nossa região ser tratada de outra forma. Parabéns à universidade pela coragem de expor sua situação e chamar as prefeituras e as pessoas que aqui estão para discutirmos os problemas e buscarmos soluções conjuntas”, destaca Jean Freire.

O deputado federal Reginaldo Lopes explicou as etapas de um processo de expansão universitária e falou sobre as atuais dificuldades financeiras do governo federal para levar em frente um projeto de expansão, situação bastante diferente daquela quando foram realizadas audiências públicas nos municípios para sugestão de cursos a serem oferecidos nos futuros campi. O deputado enfatizou a importância do trabalho que a UFVJM tem desenvolvido para estabelecer seu planejamento interno e a organização de uma administração multicampi. Ele apresentou, ainda, a proposta de que a expansão da universidade seja vinculada a uma parceria com o IFNMG como facilitador desse crescimento.

Encaminhamentos

Para finalizar a reunião, Reginaldo Lopes relacionou os principais pontos discutidos e os próximos passos a serem dados pelo grupo. Uma reunião do reitor e do deputado federal no MEC será realizada em breve e, em seguida, deverá ser iniciada a elaboração de um novo projeto de expansão, que contemple um acordo interinstitucional com o IFNMG, a definição das áreas da ciência e o redesenho do quantitativo de cursos e pessoal para cada campus. A mobilização das regiões envolvidas e a criação de frentes parlamentares (federal e estadual) mistas em defesa da UFVJM são ações consideradas imprescindíveis para a concretização da futura expansão universitária.

O reitor Gilciano, por fim, deixou claro que, para além de toda mobilização iniciada em prol da expansão da UFVJM, ela somente poderá ser efetivada após a superação da crise política e econômica que o Brasil enfrenta.

Diretoria de Comunicação – Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Foto: DICOM UFVJM

Compartilhar