Fonaprace debate projetos e investimentos para inclusão estudantil

Fonaprace debate projetos e investimentos para inclusão estudantil

O Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (FONAPRACE) realizou esta semana, na sede da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), sua 51ª reunião ordinária. Nos dois dias de debate foram discutidos os projetos de inclusão estudantil sob a ótica do novo Programa de Expansão, Excelência e Internacionalização das Universidades Federais (PEXXIU) e a necessidade de ampliação dos recursos do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES).

O primeiro encontro de 2012 contou com a presença da ministra da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Barros, o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), Amaro Lins, e com o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Daniel IIiescu. Para Fabrício Carvalho, coordenador nacional do FONAPRACE, o diferencial da reunião foi unir em uma mesma mesa de debate, membros de diferentes setores da esfera educacional em prol de propostas positivas no campo da assistência estudantil.

“Esse foi um momento fortalecedor onde podemos reafirmar os pontos do PEXXIU em suas três linhas de estratégia, política, estrutura e pedagogia, dando ênfase a necessidade de buscarmos para os estudantes de baixa renda das universidades o protagonismo acadêmico”, disse Fabrício. Para o coordenador, o segundo ponto de destaque da reunião foi a elaboração do relatório que define a necessidade de um aumento de recursos do PNAES, dos atuais R$ 500 milhões, para R$ 1,5 bilhão já em 2013 e que será entregue a Andifes.

ANDIFES
Sobre o assunto, o reitor João Luiz, garantiu que as reivindicações feitas pelo FONAPRACE serão levadas e cobradas junto ao MEC. “A Andifes continua lutando por mais recursos em uma política direta com o Governo Federal. Temos em mãos o grande desafio de mudar o tamanho das universidades, mas ainda diante de uma estrutura fragilizada. Nesse processo de transformação a atuação do FONAPRECE é importantíssima porque trata do aluno, e temos que pensar na formação profissional, assim como na formação do cidadão”, defendeu João Luiz.

A vice-presidente da Andifes, Maria Lúcia, foi responsável pela apresentação do PEXXIU e do perfil socioeconômico e cultural dos estudantes de graduação para a ministra Luiza Barros. Ela recebeu a proposta com otimismo e fez um apelo para que as novas políticas tenham reflexo na população negra, como formar de atacar as desigualdades na dimensão social. Ela destacou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a legitimidade da cota para negros nas universidades, como segurança jurídica, mas defendeu o aprofundamento do debate para que os novos paradigmas do conhecimento não surjam dentro de uma sociedade racista.

Fashion Trend Setters Go Naked To Prove a Point
free games online the most impressive saw trout fishing bait

Attractive Designer Glasses at Discounted Rates
online games Haute couture is by nature very expensive

My Design Ideas In Paul Smiths Space Book
cheap bridesmaid dresses While soft leather offers outstanding waterproof comfort

Nicholas K at Merecedes Benz Fashion Week
forever21 there is something offered for everyone and every taste

battle of the Bravo reality tv fashionistas
jeu gratuit On the home page

Ascena Retail Group Inc NASDAQ
miniclip Your hair should look uncomplicated as well

6 Rules to Live By in Men’s Fashion Video
kleider Top Six Online Fashion Games Apps

Tutorials to create Great Gatsby inspired hairstyles
ballkleider You think building aggressive

Compartilhar