Forplad elabora estratégias de atuação para 2018

O Fórum de Pró-Reitores de Planejamento e Administração (Forplad), realizou a primeira reunião do ano para elaboração do Planejamento Estratégico da Coordenação Nacional para 2018 e 2019. O encontro foi realizado nos dias 6 e 7 de fevereiro, na sede da Andifes, em Brasília.

O coordenador, pró-reitor Thiago José Galvão das Neves (UFPE), faz um balanço do ano passado e fala sobre as expectativas para os próximos meses.

Qual é a importância dessa primeira reunião do ano?

Após a aprovação da LOA 2018 e o início da execução orçamentária, é importante discutirmos sobre os procedimentos a serem adotados pelas universidades no corrente exercício e sobre as informações mais recentes fornecidas pelo MEC. Iniciamos o ano com a necessidade de elaborarmos o Planejamento Estratégico da Coordenação Nacional para 2018 e 2019. Além disso, precisaremos definir a Programação da 1ª Reunião Ordinária do FORPLAD em 2018, que será em Natal/RN, no período de 14 a 16 de março.

Quais foram os desafios enfrentados em 2017?

Em 2017, as Universidades precisaram conviver com a redução do orçamento aprovado em lei, em relação ao exercício anterior, no que concerne aos investimentos e uma não reposição do das perdas inflacionárias do orçamento de custeio. Também tivemos que enfrentar momentos de incertezas sobre a liberação de limites para execução do orçamento durante todo o período do ano, e com um contingenciamento dos limites de capital em relação ao aprovado na LOA 2017. Esses fatos dificultaram o planejamento orçamentário das universidades, sobretudo no que concerne à licitação de novas obras.

Qual é a expectativa de trabalho para 2018?

2018 inicia com o menor orçamento previsto em Lei para investimentos em obras e aquisição de material permanente (equipamentos, computadores, mobiliários, entre outros) dos últimos 10 anos. As demandas das novas universidades e dos novos campi por infraestruturas como salas de aula, restaurantes universitários, bibliotecas, pavimentação de acesso, entre outras, nos obrigará, mais do que nunca, ao diálogo permanente com o Ministério da Educação.

Qual é a importância do Forplad para as universidades?

O Forplad assessora os dirigentes das universidades, além de realizar estudos e propor soluções para problemas relacionados com as áreas de planejamento e administração.

Compartilhe: