Fórum de reitores das Ifes da região Norte define linhas de ação

Fórum de reitores das Ifes da região Norte define linhas de ação

Depois de dois dias de troca de experiências e debates, o I Fórum de Reitores das Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte, realizado nos dias 5 e 6 de novembro, resultou na escolha de três grandes linhas de ação. A primeira delas refere-se a uma ação concreta para a formação de doutores, com definição de metas ao longo do tempo, onde se estabeleça patamares percentuais a serem atingidos em todas as instituições da região Norte. A construção de proposta de doutorado em rede, selecionando áreas potenciais e prioritárias, dentre as quais se destaca a possibilidade real de criação de um programa em cada uma das grandes áreas da Capes e estimular Dinters.

Nos dois dias de encontro, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) recebeu reitores e pró-reitores das outras seis universidades da Região Norte e dos Institutos Federais (Ifes) para realizar a instalação do I Fórum de Reitores das Instituições Federais de Ensino Superior da Região Norte. Criado para propiciar o pensar, de maneira conjunta, em estratégias para identificar fragilidades, semelhanças e oportunizar a relação e ajuda mútua entre as instituições. E também, instituir políticas com objetivo de viabilizar defesa coletiva dos interesses da nossa região.

O primeiro Encontro teve como tema “Pós Graduação: situação atual, áreas estratégicas e perspectivas de cooperação", com o objetivo de conhecer as áreas estratégicas e traçar o perfil da pesquisa e pós-graduação das Ifes da Região Norte. Além de estudar as possibilidades de ações articuladoras em rede, voltadas para a pesquisa e pós-graduação. Entre as linhas de ação do Fórum está a promoção da manutenção e ampliação das propostas de mestrados interinstitucionais. Os compromissos das Ifes com relação ao tema “Pesquisa e Pós-Graduação”  foram sintetizados na Carta Manaus.

No segundo dia da reunião, o diretor do Programa de Bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) Emídio Cantídio, ministrou a palestra "Pós-graduação no Norte do Brasil: potencialidades, constituição de redes e financiamento".  Emídio lembrou que a Região Norte possui apenas 2,7%, dos cursos de pós-graduação e que a criação do Fórum também é uma oportunidade de abrir um canal de comunicação direto com a Capes, principal incentivadora dos cursos de pós-graduação. “Viemos discutir políticas para, cada vez, apoiar a região Amazônica para que possamos ajudar o desenvolvimento da região que é muito pequeno, em relação ao resto do país. A Capes é a principal apoiadora dessa região. Colocamos mais de 4% dos recursos da Capes aqui no norte. Viemos aqui conversar com reitores, pró-reitores e coordenadores de cursos para ver como podemos apoiar”, relatou Cantídio.

Para aumentar a participação da Região Norte, a Capes pretende apoiar ainda mais as universidades. Cantídio lembrou que, para ajudar nesse desenvolvimento, o orçamento da Capes cresceu de 2008 para 2009 em 20% e, já é esperado para 2010, o crescimento de pelo menos 12,5%. “A discrepância é enorme em relação às outras regiões do país. Estamos trabalhando para dar mais oportunidade para o Norte, Nordeste e Centro-Oeste. É muito importante que os reitores não larguem a pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação que, é a grande vitrine. Temos vários reitores novos no cargo. Está na hora de passar o barco em frente”, disse o diretor.
           

Estrutura
Outra iniciativa alcançada na reunião dos reitores foi demonstrar o grau de organização e união do Fórum dos Reitores do Norte que passará a partir de agora a ter regimento básico de funcionamento, estrutura administrativa de apoio a seu funcionamento e periodicidade de reuniões ordinárias, independente do seu caráter permanente. Universidade Federal do Amazonas, Instituto Federal do Amazonas e Instituto Federal Roraima irão elaborar a proposta de regimento de funcionamento do Fórum e as reuniões se realizarão semestralmente.

A reitora da Ufam Márcia Perales e o reitor do Instituto Federal do Amazonas João Martins Dias foram eleitos presidente e vice-presidente do Fórum para  mandato de um ano. O tema da próxima reunião será “Extensão e Inovações Tecnológicas”, a ser realizada na Universidade Federal do Pará, no primeiro semestre de 2010. A reunião seguinte será no Ifet de Roraima.

Participaram do encontro, a reitora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Márcia Perales Mendes Silva; o reitor da Universidade Federal de Roraima, professor doutor Roberto Ramos Santos; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, da Universidade Federal de Tocantins, professor doutor Márcio da Silveira, representando  o reitor da Universidade Federal de Tocantins;  a reitora da Universidade Federal do Acre, professora doutora Olinda Batista Assmar; o reitor da Universidade Federal de Amapá, professor doutor José Tavares Carvalho; o reitor da Universidade Federal do Pará, professor doutor Carlos Edilson de Almeida Maneschy; o reitor da Universidade Federal de Rondônia, professor doutor José Januário de Oliveira Amaral;  o reitor da Universidade Federal Rural da Amazônia, professor doutor Sueo Numazawa; o reitor do Instituto Federal do Amazonas, professor João Martins Dias; o reitor do Instituto Federal de Rondônia, professor Mestre Raimundo  Jimenez;  reitor do Instituto Federal de Roraima, professor mestre Edvaldo Pereira; o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação representando o reitor do Instituto Federal do Pará, Otavio Fernandez Lima; a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Ufam, professora doutora Ana Mena Barreto; a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação do Instituto Federal do Amazonas, professora Doutora Izildinha Miranda; a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação do Instituto Federal de Roraima, professora Doutora Rusleyd Maria Magalhães; o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação do Instituto Federal do Acre, professor Doutor Antonio Sérgio Monteiro; o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação do Instituto Federal do Amazonas, professora Doutor do Amapá, professor doutor Emmanuel Zagury; o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação do Instituto Federal do Pará, professora Doutor Luiz Alberto Pessoni; a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Universidade Federal de Roraima, professora Doutora Lílian Maria Moiser, representando a reitora da Universidade Federal de Rondônia.

O reitor Roberto Ramos Santos representou a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Ele ressaltou a importância do Fórum para a região, lembrando as diferenças existentes entre as instituições e ressaltando que o Fórum seria um instrumento de cooperação para demonstrar a capacidade de ensino e da pesquisa das Ifes.
           

Compartilhar