FURG – Assembleia Universitária celebra 50 anos de histórias e memórias da universidade

FURG – Assembleia Universitária celebra 50 anos de histórias e memórias da universidade

Ponto alto da programação dos 50 anos da FURG, a Assembleia Universitária realizada na tarde de terça-feira, 20, dia do aniversário da instituição, lançou selos e carimbo comemorativos e homenageou pessoas que marcaram a história da universidade, com a concessão de títulos de doutor honoris causa e de professor emérito, e as distinções de mérito institucional e de mérito universitário. A solenidade reuniu autoridades, convidados e integrantes da comunidade universitária no Cidec-Sul.

Estiveram presentes na extensa mesa de honra a reitora da FURG Cleuza Maria Sobral Dias, o vice-reitor Danilo Giroldo, o almirante de esquadra Leonardo Puntel, comandante de operações navais, o vice-almirante Flávio Brasil, comandante do 5º Distrito Naval, o coronel Rafael Barros, comandante do 6º GAC, o deputado Fábio Branco, representando a Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, o vereador André Lemes, representando a presidência da Câmara de Vereadores do Rio Grande, o prefeito municipal Alexandre Lindenmeyer, o vice-reitor da Universidade Federal de Pelotas, Luís Isaías do Amaral, a vice-reitora do Instituto Federal Sul-rio-grandense, Adriane Menezes, o diretor da Faculdade de Medicina, Obirajara Rodrigues e os ex-reitores da universidade, Carlos Rodolfo Hartmann e João Carlos Cousin. Próximo à mesa de honra estavam presentes também os membros do Conselho Universitário.

 Selos e carimbo comemorativos

Antes da entrega dos títulos e distinções, ocorreram os atos de lançamento e obliteração de quatro séries de selos personalizados e do carimbo comemorativo que, em parceria com os Correios, marca a passagem do cinquentenário da universidade. Participaram da solenidade o pró-reitor de Planejamento e Administração da FURG, Mozart Tavares Filho, o gerente regional dos Correios, Patrick Alves, o gerente dos Correios em Rio Grande, Rafael Silva, o assistente comercial dos Correios, Antonio Martilnelli, o presidente do Centro Filatélico do Rio Grande, Guilherme Salis, o diretor do Centro Filatélico, João Almeida, o filatelista Hueber Ignácio, o vice-reitor Danilo Giroldo e a reitora da FURG Cleuza Dias.

As imagens selecionadas para os selos destacam a inserção da universidade no ecossistema costeiro e oceânico, celebrando a trajetória e o compromisso da FURG com o ambiente e a sustentabilidade. Serviço mais nobre dos Correios, o carimbo comemorativo dos 50 anos da FURG irá acompanhar durante 30 dias todas as correspondências da cidade e depois fará parte do acervo do Museu Postal Nacional.

Apresentação Cultural

Emily Pires, ex-aluna e atual monitora do curso de música do Centro de Convívio Meninos do Mar (CCMar), e Eduardo Guerreiro e Bruno Borsa, músicos professores do Centro, fizeram apresentação comovente no momento cultural da cerimônia.

 Títulos e distinções

O ambientalista, oceanógrafo, museólogo e educador Lauro Barcellos recebeu o título honorífico de doutor honoris causa em reconhecimento aos 45 anos de trabalho dedicados à universidade. Egresso do curso de Oceanologia e museólogo da FURG desde 1991, Lauro é diretor do Museu Oceanográfico “Professor Eliézer de Carvalho Rios”. Fundou o Museu Antártico, o Eco-museu da Ilha da Pólvora e o Centro de Convívio Meninos do Mar.

Agradecido, Lauro Barcellos discursou contando de seu percurso acadêmico e profissional e homenageou especialmente os professores Eliézer Rios e Maria Judith Zuzarte Cortesão.“O melhor de tudo isso foi realizar todos esses projetos ladeado de amigos, muitos deles aqui nesta plateia. Nada faz sentido se não tivermos juntos de nós os amigos, que são o patrimônio maior da vida de uma pessoa”, pontuou. “Não escrevi uma tese, mas escrevo na areia da praia e da minha pátria o meu amor de 45 anos por esta universidade e por esta comunidade”, disse.

O título de professor emérito foi concedido ao professor aposentado Oswaldo José de Paula Barbosa, primeiro professor contratado para ministrar aulas no curso de Medicina da FURG. Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco e egresso da Residência em Psiquiatria na Universidade do Brasil, o docente implantou o Serviço de Psiquiatria do Hospital Santa Casa, fez parte da criação do curso de Medicina da FURG, presidiu a assembleia e entregou os diplomas aos primeiros médicos de Rio Grande, em 1971.Barbosa integra o Centro de Prevenção e Recuperação de Dependentes Químicos (Cenpre) há 30 anos, e atualmente ministra aulas no primeiro ano de Medicina, como professor convidado.

A distinção de Mérito Universitário foi concedida a nove servidores pelo significativo trabalho prestado a universidade:à assistente de administração Cleusa Maria Lucas de Oliveira, à professora Cleuza Ivety Ribes de Almeida, à professora Dulce Helena Porto Meirelles Leite, ao engenheiro José Carlos Resmini Figurelli, ao professor Marcos Antônio Satte de Amarante, à professora Rosilene Maria Clementin, à secretária executiva Vera Regina Oliveira Santos, ao professor Attila Louzada Junior (in memoriam) e ao vigilante Jaci Alfredo Carvalho Alves (in memoriam).

A professora Dulce Helena Porto Meirelles Leite falou em nome dos homenageados. A docente ressaltou a história da FURG e mencionou que entre os objetivos da universidade está a formação de pessoas cultural, social e tecnicamente capazes, além da fomentação à criação de líderes e de sujeitos inovadores. “Inicialmente, quero agradecer aos colegas, hoje homenageados, pela honra de representá-los e, junto com eles, agradecer àqueles que nos indicaram para receber esta homenagem, pois acreditaram em nós e no amor que temos pela FURG. Queremos também abraçar os familiares de Attila Louzada Junior e Jaci Alves que, em memória, também recebem o mérito universitário.”

Quatro instituições receberam a distinção de Mérito Institucional pela contribuição dada ao longo da história da FURG: Marinha do Brasil, Prefeitura Municipal, Bibliotheca Rio-Grandense e Fundação Cidade do Rio Grande. O prefeito municipal agradeceu em sua fala a parceira com a FURG, “quero agradecer, em nome da Prefeitura Municipal do Rio Grande,à homenagem recebida, a qual muito nos honra. Ao longo destes 50 anos a FURG tem levado o nome da nossa universidade para o Brasil e para o mundo, pela excelência dos recursos humanos que forma, bem como pela pesquisa e extensão que produz.”

Além disso, o chefe do executivo municipal mencionou a importância da preservação na história e na memória daqueles que uniram esforços para a criação da universidade e também do trabalho exercido por professores e técnicos que conduziram a instituição nas áreas do ensino, pesquisa e extensão, até a presente data, formando profissionais nas mais diversas áreas.

O almirante de esquadra Leonardo Puntel, comandante de operações navais fez referência em seu discurso que, “Marinha e FURG unidas, realizam relevantes feitos científicos e humanitários, no âmbito da Amazônia Azul, magno patrimônio da nossa nação brasileira, e na Antártica, inóspita terra, hoje mais conhecida por todos os brasileiros, pelos esforços da nossa parceria.”

Foi com agradecimentos aos presentes, à comunidade acadêmica e à sociedade, e apelos por defesa do ensino superior e da Universidade Federal do Rio Grande que a reitora encerrou a assembleia de aniversário da FURG. “Quando deveríamos estar apenas celebrando o aniversário da nossa FURG, estamos numa defesa intransigente da sobrevivência da universidade”, falou. Para Cleuza Dias, o modelo de universidade que temos hoje é exitoso e precisa ser defendido. “É assim que queremos continuar sendo para as gerações futuras: uma universidade pública, de qualidade, laica, inclusiva e socialmente referenciada”.

Leia o  discurso completo da reitora da FURG.

Compartilhar