HU/UFJF oferece tratamento de disfagia

HU/UFJF oferece tratamento de disfagia

Fonoaudiologia Hospitalar realiza tratamento de disfagia

A disfagia, dificuldade de deglutição de alimentos, é um dos mais específicos sintomas de doenças do trato gastrointestinal e indica comprometimento de alguma ordem do esôfago. Além disso, pode ser sintoma de alguma alteração neurológica. O ambulatório de Fonoaudiologia do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU/UFJF) possui tratamento e acompanhamento para os pacientes que apresentam esse sintoma.

De acordo com a responsável pelo ambulatório, Helga Mendes, a cura da disfagia depende da doença de base: “é difícil dizer se o paciente chegará à cura, tudo depende do motivo pelo qual a disfagia se manifesta. Alguns pacientes conseguem voltar a se alimentar normalmente. Porém, caso seja fruto de um acidente vascular cerebral (AVC), em forma de sequela, o paciente terá que tratar o sintoma continuamente” explica.

Para solucionar o problema de deglutição dos alimentos, a fonoaudióloga explica que o tratamento é realizado de acordo com a realidade do paciente e para isso a integração com o Serviço de Nutrição e Dietética do HU é fundamental: “mudamos a consistência de alimentos para aqueles que não conseguem ingerir sólidos, deixando os alimentos pastosos, e fazemos o mesmo procedimento com aqueles que têm dificuldade com alimentos líquidos. Trabalhamos com o paciente para que ele tenha uma postura melhor ao se alimentar, sempre sentado”, diz.

O encaminhamento para o ambulatório do HU é feito por médicos de especialidades correlatas após identificarem os sintomas. A equipe de Fonoaudiologia também atende nas enfermarias do HU: “As Unidades Básicas de Saúde encaminham pessoas com o sintoma, mas também atendemos na hora da alimentação dos pacientes que estão na enfermaria da unidade Santa Catarina”, explica Helga.

O atendimento do ambulatório de Fonoaudiologia ocorre três vezes por semana: às segundas, quartas e quintas, das 13h às 18h na unidade Dom Bosco, tratando todas as faixas-etárias: crianças, adultos e idosos.

Compartilhar