HU-UFPI será o primeiro hospital público do Piauí a ter ala de Oncologia

HU-UFPI será o primeiro hospital público do Piauí a ter ala de Oncologia

O Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), destinou verba no valor de R$ 2.470.000,00 ao Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI). O recurso será utilizado para implantação de uma Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) no hospital. A meta é que o serviço seja implantado ainda este ano para atendimento de pacientes do Serviço Único de Saúde (SUS).

Além do montante destinado ao HU-UFPI, a Portaria de nº 1175, de 10 de agosto de 2015, do Ministério da Saúde, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (11), também destina recursos para outros quatro hospitais universitários federais administrados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação.

O Reitor da UFPI, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes, destacou que a instalação da Unidade será importante para a comunidade do Piauí e de estados vizinhos e vai contribuir na formação dos estudantes da UFPI. “Isso mostra o quanto estamos trabalhando para que o nosso hospital preste o melhor atendimento a nossa comunidade. É um hospital que vem crescendo muito, está com uma administração muito eficiente e tem prestado um serviço de saúde que é modelo para todo o Brasil. O nosso hospital tem sido colocado pela Ebserh como referência para todo o país”, afirmou.

De acordo com o Gerente de Atenção à Saúde do HU-UFPI, Dr. Élio Rodrigues da Silva, a verba será empregada em reforma e adequação de espaço físico para a instalação da Unacon, bem como na aquisição e equipamentos e insumos. Ele acrescenta que há um cronograma pré-definido, com etapas que serão seguidas para que se possa concretizar a implantação da unidade.

A instalação de uma Unacon no HU-UFPI, segundo o Dr. Élio Rodrigues, “é possibilitar o acesso ao tratamento do câncer no Piauí, ofertando assistência oncológica ao paciente do SUS”.

Segundo a médica oncologista Dra. Vanessa Castelo Branco, uma das responsáveis pela implantação da Unacon no HU-UFPI, o serviço significará uma grande conquista no que se refere ao diagnóstico e ao tratamento de pacientes oncológicos no estado. “No Piauí, existe uma demanda reprimida de pacientes oncológicos, uma vez que há apenas um hospital credenciado para atendimento a pacientes pelo SUS. O HU trará um serviço oncológico inteiramente SUS”, ressalta a médica, que está participando da estruturação do serviço no Hospital Universitário.

A unidade se voltará ao tratamento dos cinco tipos de cânceres com maior incidência no Piauí, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA): próstata, mama feminina, colo do útero, pulmão e colo retal.

Para compor a equipe da Unacon a ser implantada no HU-UFPI, estão previstos 8 oncologistas clínicos e 3 cirurgiões oncológicos. “Além desses profissionais, teremos também a integração de médicos especialistas, como mastologista e urologista, nos casos de câncer que iremos atender”, ressalta o Dr. Élio Rodrigues da Silva.

Na avaliação do Superintendente do HU-UFPI, Dr. José Miguel Luz Parente, “o Hospital Universitário tem todo o potencial para se firmar como referência no Piauí no que se refere ao diagnóstico e tratamento do câncer, oferecendo, ao usuário do SUS, um serviço de qualidade, com uma equipe multiprofissional para que o paciente seja trabalhado de forma sistêmica”.

Ascom UFPI

Compartilhar