Inep divulga gabarito do Enem 2017

Inep divulga gabarito do Enem 2017

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou nesta terça-feira (14) o gabarito oficial das provas do Enem 2017 (Exame Nacional do Ensino Médio). O Instituto é o órgão responsável pela aplicação do exame.

Os candidatos podem consultar o gabarito na internet por dois caminhos: na página do Inep, ou através do aplicativo Enem 2017, disponível para Android e iOS.

Este foi o primeiro ano em que a aplicação do Enem ocorreu em dois domingos, nos dias 5 e 12 de novembro. Na primeira semana, os estudantes fizeram as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Na segunda, foi a vez de responder questões de matemática e ciências da natureza.

Provas

Após uma polêmica que teve de ser decidida no STF (Supremo Tribunal Federal), com o fim da regra que zera textos que desrespeitem os direitos humanos, a redação do Enem 2017 teve como tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”, assunto considerado por professores bastante específico, mas uma escolha acertada.

Entre as questões objetivas, filosofia foi classificada por candidatos e docentes como a prova de maior dificuldade do primeiro dia. Já no segundo domingo, embora os alunos tenham visto a matemática como grande vilã, os professores observaram um grau maior de complexidade nas perguntas sobre química e física.

Mesmo sabendo quantas questões acertaram, os candidatos ainda não têm como calcular sua nota final, que será divulgada apenas em 19 de janeiro de 2018.

Isso porque o Enem utiliza como forma de correção a TRI (Teoria de Resposta ao Item), um processo que atribui diferentes pesos a cada questão e tenta evitar que candidatos que chutaram respostas se saiam bem.

A TRI funciona de acordo com o percentual de erros e acertos dos candidatos em cada questão da prova. Aquela questão que for acertada por muitos candidatos é considerada fácil e, portanto, vale menos pontos.

Além disso, a TRI seria capaz de perceber quando a resposta do candidato não é compatível com seus erros e acertos nas demais questões. Por isso, quando um candidato chuta uma questão no Enem, sua nota pode diminuir.

Compartilhar