Laboratório de Astrofísica da UNIFEI é referência internacional

Laboratório de Astrofísica da UNIFEI é referência internacional

Em 2010 o Laboratório de Astrofísica Computacional (LAC) da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) começava a tomar forma com a aquisição de algumas Workstations através de projetos aprovados na Fapemig e Cnpq submetidos pelos professores. Wilton Dias e Hektor Monteiro, do Grupo de Astrofísica da Universidade. Os projetos deram um impulso importante na pesquisa do grupo, referência internacional em estudos de estrutura da Galáxia e Nebulosas Planetárias, o que resultou direta ou indiretamente na produção de 42 trabalhos publicados, sendo 16 em revistas internacionais arbitradas de alto fator de impacto.

Quase cinco anos depois, o LAC-UNIFEI coloca em operação o pequeno cluster, batizado de Giskard, equipado com seis nós de cálculo com 40 CPUs a 2.20GHz e Memória (RAM) de 94.57GB, e um headnode com 4 CPUs a 1.87GHz e Memória(RAM) de 15.70GB, totalizando 244 processadores e mais de 500Gb de memória RAM.

O projeto submetido para a linha de fomento Pró-equipamentos da Capes, no valor total de R$175 mil, foi aprovado no final de 2014 e contou com a colaboração de diversas pessoas ligadas aos programas de pós-graduação e da Diretoria de Suporte a Informática (DSI/Unifei) permitindo que o equipamento fosse adquirido e alojado com a melhor relação custo-benefício possível, tendo em conta a infraestrutura atual da Universidade.

O pequeno cluster deverá dar importante impulso na pesquisa do LAC-Unifei, assim como de toda a comunidade acadêmica que tem como ferramenta central a computação de alto desempenho.

Ainda em fase de testes, o cluster já está produzindo ciência. Um artigo utilizando modelos calculados no cluster para a nebulosa planetária Abell 14 acaba de ser aceito para publicação no início de 2016.

A expectativa é de que o cluster esteja totalmente disponível para a comunidade até o fim do ano, através da submissão de projetos.

Compartilhar