Leia a nota

Leia a nota

 

NOTA de DIRETORES DA ANDIFES

 

A ANDIFES tem vivenciado e discutido a greve dos docentes das IFES desde o seu início, em 17/5, com o intuito de colaborar com as negociações envolvendo o Governo Federal e as representações sindicais.

Desde o início, posicionou-se sobre a justeza das reivindicações em termos da estruturação da carreira docente e aumento salarial, buscando no ministro Aloizio Mercadante um apoio para a defesa, junto ao governo, da necessidade de atendimento às  reivindicações dos docentes das IFES. 

Avaliando a proposta do governo apresentada às entidades sindicais no dia 24 último, nós, diretores da ANDIFES, consideramos que houve avanços significativos no Plano de Carreira e que foram atendidas as solicitações feitas pelos reitores, na reunião com o ministro Aloizio Mercadante, ocorrida no dia 17 de julho, em Brasília.

Dentre as principais reivindicações dos reitores ganham destaque:

1-  a manutenção do diálogo para que se pudesse avançar na proposta, a partir da consideração das entidades sindicais.

2-  a manutenção dos princípios apresentados pela ANDIFES como base para a construção da proposta, dentre eles:

a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, dando ênfase ao regime de  Dedicação  Exclusiva;

– a importância da  titulação no processo de progressão funcional, com estímulo à capacitação dos docentes;

a diminuição de 16 para 13 níveis, possibilitando ao docente alcançar mais cedo o topo da carreira;

– a inclusão da classe de titular no contexto da carreira;

3-   a retirada dos itens que pudessem ferir o princípio da autonomia universitária, dentre os quais:

critérios de acesso à classe de professor titular, que passam  a ser definidos por  um grupo de trabalho a ser formado pelos reitores das universidades federais e dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia e pela representação sindical dos docentes;

– diretrizes de desempenho para progressão e os critérios para promoção às classes das carreiras do magistério federal, promoção do professor titular e certificação de conhecimento tecnológico, que também passam a ser definidos pelo grupo de trabalho;

– revisão do percentual de 20% para a progressão à classe de titular;

– retirada da carga horária mínima de 12h/semanais para o ensino como critério único.

4- o aumento do reajuste  mínimo concedido que  passou a ser na proposta do governo de 25%. A proposta anterior era de 12%.

5- a antecipação dos reajustes que serão aplicados em março de 2013, de 2014 e de 2015. Antes, ocorreriam em julho, maio e março, respectivamente.

A partir dessas considerações, reconhecemos a expressiva melhora havida na proposta para atendimento das reivindicações dos docentes, como também deve ter registro positivo a constituição dos grupos de trabalho para resolver questões ainda pendentes.

Com isso, esperamos uma solução rápida para a greve.

Esperamos, ainda, a sensibilidade do governo para as negociações com o movimento dos servidores técnicos administrativos, para que possamos ter a volta da normalidade nas atividades das IFES

Reitores

Maria Lucia Cavalli Neder – Jesualdo Pereira Farias  – Carlos Edilson de A. Maneschy

Fashion Designing Schools for Kids
watch game of thrones online free when checking availability

11 Right Where They Left Off
cheap bridesmaid dresses Because who really wants footwear whose only care instructions are

Grey New Balance or Nike sneakers
cheapest flights They’re usually college educated

Figured Woman Needs to Know About Lingerie
onlinegames When Yakuza takes on Aliens

14 And 18 Carat Gold Jewellery
jeux believe your project qualifies for entry

Dell Winning The Battle With Customer Support
kleider It requires a lot of confidence and a healthy body

Miami Beach International Fashion Week said good bye
ballkleider and has a P

in regard to Lady Fashion
cool math games without costing a small fortune

Compartilhar