Livro editado pela EDUFPI será lançado em Buenos Aires

Livro editado pela EDUFPI será lançado em Buenos Aires

O Livro “M3: Mulher, Mãe, Moderna”, editado pela EDUFPI será lançado em Buenos Aires, na Fundación Centro de Estudos Brasileiros, na próxima quarta-feira, dia 13. O livro tem como autoras as jornalistas Elizângela Carvalho e Clarissa Carvalho, que é professora do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Piauí.

O convite surgiu logo após o lançamento do livro no Palácio da Música, no dia 7 de junho. Uma das pessoas que estavam presentes no evento acabou comprando um exemplar do livro e enviando para Adriana Nacion, que faz parte da Fundación Centro de Estudo Brasileiros. Adriana gostou do livro e o apresentou para a diretora da instituição, que entrou em contato com as autoras em seguida.

O livro teve seu pré-lançamento durante o 8º Salão do Livro do Piauí e lançamento no Palácio da Música. Nesta quinta-feira, dia 7,  o livro agora entra no Bate-Papo Literário na programação de Dia das Crianças do Teresina Shopping que acontece às 19h30.

Foi vivendo o dia a dia de uma mothern (mãe+moderna), que as jornalistas Elizângela Carvalho e Clarissa Carvalho perceberam que a idealização da maternidade estava longe da realidade.

As crônicas, publicadas originalmente no caderno Metrópole, do Jornal O Dia, enfocam a criação de filhos, rotina familiar, profissão e principalmente como mães modernas conseguem conciliar tudo isso. Sem a preocupação de enquadrar-se em um manual, “M3: Mulher, Mãe, Moderna” mistura bom humor, anedotas e muita sinceridade.

“Ser uma mãe moderna é nunca conseguir seguir o script. É sempre querer horas a mais no relógio. É sempre achar que não vai dar conta. É aprender a improvisar. É viver correndo. É nunca parar. É tentar equalizar as pressões. E ainda ser feliz assim, e só assim”, finaliza Clarissa.

O livro conta com o apoio da Lei A. Tito Filho, da Prefeitura de Teresina/Fundação Cultural Monsenhor Chaves, e traz ilustrações de Gabriella Navarro, design gráfico de Josélia Neves, prefácio do professor Cineas Santos e apresentação da jornalista Samanta Castelo Branco.

Compartilhar