Livro “Geografias de Buenos Aires” traz experiências de estudantes da UNILA

Livro “Geografias de Buenos Aires” traz experiências de estudantes da UNILA

Os debates, reflexões e passagens por ruas e esquinas na capital argentina, durante uma viagem realizada em outubro do ano passado, resultaram no livro “Metrópoles Latino-Americanas – Geografias de Buenos Aires”, que reúne as diferentes percepções de 36 alunos da UNILA. Organizado por André Luis André, docente de Geografia, o livro está à venda em livrarias virtuais.

“Geografias de Buenos Aires tem relação com o entendimento de que, no limite, cada um tem um olhar diferente para a cidade; que, apesar da abordagem de análise ser a partir da Geografia, cada um, inclusive o geógrafo, faz uma leitura do que é a cidade e seu espaço urbano. Não há leituras idênticas, elas são sempre muito marcadas por nossas trajetórias particulares”, coloca o professor André Luis André.

O livro coletivo é, portanto, resultado de múltiplas perspectivas e atividades da disciplina Metrópoles Latino-Americanas, do curso de Geografia, ministrada pelo professor. Tem origem, ainda, em um trabalho de campo realizado em Buenos Aires, durante cinco dias. Participaram desse processo estudantes brasileiros, uruguaios e venezuelanos, todos da UNILA.

unila_livro

Facetas de Buenos Aires
O livro traz referências sobre a formação socioespacial de Buenos Aires, no contexto de diferentes períodos históricos. Também aborda dinâmicas de exclusão e marginalização urbana, papéis diversos daqueles que vivem a cultura na cidade; e questões sobre a mobilidade urbana. Os artigos ainda transitam em discussões sobre a força dos bairros populares, como La Boca, que passam a fazer parte do circuito global de negócios; e na disputa pela colonização da paisagem por setores corporativos e políticos.

“Outra abordagem importante, que discutimos em classe e em campo, são as características particulares das metrópoles na América Latina: como lugar de encontro e conflito. Entre aquilo que é concebido numa ordem cada vez mais distante, inerente à questão da governança e dos negócios; e aquilo vivido pelos habitantes da cidade em seu cotidiano, sob efeito de uma fragmentação vertical e horizontal do espaço da cidade, que permanece e é atualizado desde a colonização até os dias atuais, no período da globalização”, explica o professor e organizador do livro.

Formação acadêmica
A proposta do livro é, também, incentivar os estudantes em relação à escrita acadêmica, para que, desde o início da formação, tenham cuidado com a forma e o conteúdo de suas redações. “Ao elaborar uma publicação com artigos produzidos pelos discentes, temos uma questão que é minimizar o monopólio da palavra e sua publicação que, geralmente, só é alcançada em níveis de formação já mais elevados”, pontua o docente.
O livro, com margem de direito autoral zero, distribuição por demanda e custos que referem-se à impressão, pode ser encontrado nas livrarias online agBook e Clube de Autores.

 

Secretaria de Comunicação Social – UNILA

Compartilhar