Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da UFPE, UFRPE e UPE

Lula recebe título de Doutor Honoris Causa da UFPE, UFRPE e UPE

Sob aplausos e palavras de emoção, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu, hoje (22), o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da Universidade de Pernambuco (UPE). A cerimônia foi realizada no Teatro de Santa Isabel, no centro do Recife.

O reitor da UFPE, Amaro Lins, considerou a homenagem um reconhecimento às realizações de Lula durante os dois mandatos como presidente da República. “Ele fez a grande transformação no Brasil e teve a Educação como um dos pilares mais importantes para o desenvolvimento do País”, exaltou.

A solenidade seguiu a tradição do cerimonial universitário. Após a formação da mesa, presidida pelo reitor Amaro Lins e que teve como presidente de honra o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, o ex-presidente Lula foi conduzido ao palco pela Comissão de Honra, composta por nove pessoas, sendo três representantes de cada universidade. O governador proferiu o discurso panegírico, relatando a vida e as realizações do homenageado. “Poucos conseguiram como o senhor, presidente [Lula], interpretar a alma do povo brasileiro”, destacou Eduardo Campos. “Obrigado é a palavra que resume o sentimento dos pernambucanos”, concluiu.

A cerimônia prosseguiu com a leitura do termo indagativo, no qual os reitores das três universidades perguntaram ao homenageado sobre a aceitação do título. Após a concordância, houve a leitura dos atos e resoluções que concederam o título de Doutor Honoris Causa. Em seguida, o ex-presidente vestiu a samarra e recebeu o capelo e o diploma das mãos do reitor Amaro Lins. As “vestes talares” na cor vermelha simbolizaram a área de Ciências Humanas.

Em discurso emocionado, o ex-presidente Lula falou sobre a alegria de receber o título de Doutor Honoris Causa em sua terra natal. “O dia de hoje, para mim, será inesquecível. Vocês não podem imaginar o que ele significa para um pernambucano retirante como eu, que não teve as oportunidades escolares que todo jovem deveria ter, mas que sempre acreditou no potencial libertador da Educação”, afirmou. “Vou guardar esses três diplomas em um lugar muito especial do meu coração”, destacou.

Lula também falou sobre o crescimento alcançado pelo Brasil nos últimos anos, além dos investimentos na área de Educação e em infraestrutura responsáveis pela melhoria da qualidade de vida da população. “A gente não governa um país apenas com a racionalidade, mas também com o coração”, garantiu.

A concessão do título pela UFPE foi aprovada pelo Conselho Universitário no dia 5 de novembro de 2002, logo após a eleição de Lula para presidente da República, mediante proposta do então reitor Mozart Neves Ramos. A proposta foi endossada pelo Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), por meio do então diretor Antônio Jorge de Siqueira. De acordo com o professor Mozart Ramos, o título é um “reconhecimento pelo trabalho que Lula fez ao longo de oito anos para as universidades públicas”.

A UFPE foi a primeira universidade a fazer esta homenagem a Lula, razão pela qual a cerimônia foi presidida pelo reitor Amaro Lins. Os demais títulos foram concedidos em 2003, pela UFRPE, e em 2009, pela UPE. Os títulos foram entregues somente agora por decisão do próprio Lula, que preferiu receber homenagens desta natureza apenas depois de deixar a Presidência da República. O título de Doutor Honoris Causa é atribuído à personalidade que tenha se distinguido pelo saber ou pela atuação em prol das artes, das ciências, da filosofia, das letras ou do melhor entendimento entre os povos.

CONVIDADOS – A cerimônia contou com a participação de autoridades acadêmicas, professores universitários, estudantes, servidores técnico-administrativos, políticos e personalidades. A mesa foi composta pelo governador Eduardo Campos; pelo ex-ministro da Ciência e Tecnologia e professor Emérito da UFPE, Sergio Rezende; pelo pró-reitor para Assuntos de Pesquisa e Pós-Graduação da UFPE e reitor eleito para a próxima gestão, Anísio Brasileiro; pelo presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Guilherme Uchôa; pelos senadores Humberto Costa e Armando Monteiro Neto; pelo vice-governador de Pernambuco, João Lyra Neto; pelo prefeito do Recife, João da Costa; e pelos reitores Amaro Lins (UFPE), Valmar Corrêa (UFRPE), Carlos Calado (UPE) e padre Pedro Rubens (Universidade Católica de Pernambuco – Unicap).

Entre os convidados da solenidade estavam o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o escritor e professor emérito da UFPE Ariano Suassuna, e a também professora emérita da Universidade Silke Weber.

Compartilhar