Mais universidades definem utilização do novo Enem no processo seletivo

Mais universidades definem utilização do novo Enem no processo seletivo

UFS
 
As vagas que sobrarem do vestibular de 2010, que vai ocorrer em dezembro, vão ser destinadas aos estudantes que farão o novo Enem, aprovou o Conselho do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (Conepe) da Universidade Federal de Sergipe (UFS) na tarde desta segunda-feira, 18. A medida não afeta a política de cotas, a ser praticada pela primeira vez no vestibular, nem o tradicional sistema seriado.

Serão disponibilizadas as cadeiras remanescentes de todos os campi (São Cristóvão, Laranjeiras, Itabaiana e da Saúde/HU). Para a edição de 2011, ficou decidido que o campus de Itabaiana utilizará não só o processo seletivo seriado já empregado pela UFS, mas também serão destinadas vagas para o novo Enem em percentual a ser definido posteriormente pelo Conepe.

Vagas remanescentes originam dos cursos cujo número de aprovados no vestibular é inferior à quantidade ofertada. O Ministério da Educação (MEC) prevê que o Enem aconteça nos dias 3 e 4 de outubro. Em dezembro saem as notas, mas o resultado da redação será divulgada em janeiro. Já o Processo Seletivo Seriado da UFS deve ocorrer no primeiro domingo de dezembro. Os aprovados devem ser conhecidos no mês seguinte.

A adesão ao novo modelo de seleção, caracterizada como “gradual” pelo Conepe, atende proposta do MEC, que estipulou quatro possibilidades: o Enem como fase única; como primeira fase; como fase única para as vagas remanescentes do vestibular; ou combinado ao atual vestibular da instituição.

Só os candidatos aos cursos presenciais poderão concorrer às vagas remanescentes. No vestibular de 2009 a UFS ofereceu 4.455 vagas em 87 opções de cursos.

UFRB

A reunião extraordinária do Conselho Universitário da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), realizada no dia 18 de maio,  deliberou sobre a participação da UFRB no Sistema  de Seleção Unificado (SSU) proposto pelo MEC, e decidiu que utilizará o novo Enem como fase única para 70% das vagas destinadas ao ingresso de novos estudantes no processo seletivo em  2009/2010 em todos os cursos da UFRB.
 
Nas 30% de vagas restantes os alunos serão classificados considerando a nota no Enem e o acréscimo de pontuação proveniente de variáveis, objeto de definição a posteriori, tendo também como subsídios os elementos do Programa de Avaliação Seriada –  PAS , que será implementado gradativamente.

A UFRB tem uma comissão interna, criada para fomentar as discussões e debates sobre o SSU e o PAS. Para a Comissão é preciso reforçar o papel e compromisso social da UFRB com a região do Recôncavo da Bahia.  A sugestão é que  o PAS seja implementado com o 3º e 1º ano do Ensino Médio de escolas ligadas às Direc 's (Diretorias Regionais de Educação) dos municípios sedes de Centros da UFRB ou com proximidade física, como Santo Amaro, Cruz das Almas, Santo Antonio de Jesus, Amargosa e Feira de Santana.

UFPR 
 
A Universidade Federal do Paraná (UFPR) definiu, em sessão do Conselho Universitário realizada na manhã desta quarta-feira (20/5), a forma de utilização do novo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no processo seletivo da instituição.
 
Por decisão unânime, a UFPR utilizará a nota do Enem para a construção da nota final, portanto, de forma combinada ao atual vestibular, já para o concurso deste ano.
 
Conforme a proposta aprovada, na nota final do processo seletivo, o vestibular terá um peso de 90% e a nota da prova objetiva do Enem, peso de 10%. Questões técnicas serão detalhadas pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da universidade.
 

 

Compartilhar