MEC avalia Hospitais Universitários da UFPA

MEC avalia Hospitais Universitários da UFPA

Os Hospitais Universitários João de Barros Barreto (HUJBB) e Bettina Ferro de Souza (HUBFS), da Universidade Federal do Pará (UFPA), podem ser os próximos a implantar o novo modelo de gestão proposto pelo governo federal. Na quarta-feira, 27, as Unidades receberam a visita de representantes do Ministério da Educação (MEC). A inspeção faz parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Federais (REHUF), de todo o país.

Para implantar o novo sistema, o MEC vai garantir recursos para a estrutura na área de Tecnologia e Informação, e as universidades se comprometem com a parte de instalação das redes lógicas nas Unidades. O Hospital de Porto Alegre, referência no novo modelo de gestão, vai contribuir qualificando servidores para o uso da nova ferramenta, que consiste em um software a ser disponibilizado aos outros hospitais.

A ferramenta web permite o acompanhamento a distância das atividades de gestão. “O diferencial desse modelo é termos uma uniformidade na maneira de trabalhar. Esse sistema de Porto Alegre foi desenvolvido a partir de metodologias de trabalho centradas no paciente, valorizando ações de assistência, que geram indicadores quantitativos e qualitativos do serviço prestado”, garante.

Dois hospitais, um no Paraná e outro em Campo Grande, já estão utilizando os primeiros módulos do sistema de gestão. O próximo a receber o modelo será o de São Luís. No Pará, a expectativa do MEC é que os sistemas sejam implantados no Bettina Ferro e Barros Barreto a partir da segunda quinzena de novembro.

O reitor da UFPA, Carlos Maneschy, manifestou total apoio à implantação do novo modelo de gestão e assegurou que “a administração superior não tem poupado esforços para dar aos Hospitais Universitários da UFPA a infraestrutura necessária para receber os serviços da nova rede.”

Investimentos – Segundo Celso Araújo, em 2010, já foram investidos mais de R$ 30 milhões em equipamentos para os hospitais. Para o próximo ano, a projeção de recursos gira em torno de R$ 70 milhões, e para 2012, seriam cerca de R$ 60 milhões. Os investimentos deverão atender à rede de 46 hospitais universitários federais de todo o Brasil. As duas unidades da UFPA serão contempladas com cerca de R$ 6 milhões, até dezembro deste ano.

O diretor geral do Hospital Bettina Ferro, Murilo Morhy, considerou positiva a visita dos servidores do MEC. Ele afirma que a instituição se prepara para receber os equipamentos. “As condições do Bettina para implantação do processo de informatização foram diagnosticadas como satisfatórias. Iniciaremos a construção de uma sala específica para informática, a qual irá receber os equipamentos enviados pelo MEC. Esperamos concluir a sala segura dentro dos 30 dias estipulados.”

O diretor do HUJBB, Eduardo Leitão, ressaltou o empenho da administração do Hospital em garantir esses investimentos do MEC. “Várias áreas estão sendo beneficiadas com equipamentos e tecnologia, servindo para alavancar tanto a assistência, como o  ensino e a pesquisa da instituição”, afirma. “Com esse novo modelo de gestão, nós vamos poder planejar, executar e também controlar e avaliar todas as ações, o que nos dará uma garantia maior na obtenção dos seus resultados.”

Compartilhar