Medicina cresce menos do que a média

Medicina cresce menos do que a média

O número de matriculados no ensino superior brasileiro subiu 4,4% de 2011 para 2012. Porém, cursos com mais demanda no país, como medicina, tiveram um crescimento mais lento do que a média no mesmo período: 2,8%.

Os números são do Inep/MEC, que publicou ontem dados detalhados do Censo do Ensino Superior de 2012 -que havia sido divulgado em setembro.

Hoje o país tem 2.416 instituições de ensino superior, sendo 193 universidades.

Ao todos, há 7 milhões de brasileiros matriculado em 31.866 cursos superiores de universidades, faculdades e centros universitários.

A quantidade de brasileiros na sala de aula nessa fase da educação é o dobro da registrada em 2002, quando 3,5 milhões estavam matriculados.

O problema é que, na maioria dos casos, o crescimento não acompanha a demanda.

Em medicina, por exemplo, o incremento de concluintes do curso aumentou só 0,5% de 2011 para 2012.

Na prática, isso significa que entraram 100 médicos a mais no mercado em 2012 em relação ao ano anterior.

“É importante aumentar o total de matriculados, mas não estamos aumentando exatamente nos cursos que mais precisam -por exemplo medicina”, analisa Fernando Luiz Abrucio professor da FGV e especialista em políticas públicas e educação.

“Engenharia tem tido uma ação mais direta de crescimento”, completa.

De fato, os dados do Censo mostram que o número de ingressantes em engenharia de produção e de construção aumentou quatro vezes em dez anos, passando de 84,7 mil em 2002 para 324 mil ingressantes em 2012.

“Mas mesmo que a gente tivesse uma ‘super’ política pública voltada ao aumento de quantidade de médicos com a criação de novos cursos, ainda assim demoraríamos alguns anos para ter resultados. A formação de médicos leva muito tempo.”

Abrucio lembrou ainda que o crescimento de vagas no ensino superior não pode ficar totalmente dependente do ensino superior público “porque isso é completamente insustentável”.

O Censo mostra que quantidade de concluintes de cursos superiores do setor privado tem crescido mais do que no setor público.

O número de concluintes de universidades privadas aumentou três vezes de 2002 a 2012. Já nas federais, apesar da expansão, o crescimento de concluintes aumentou 56% no mesmo período.

“O crescimento está no setor privado. Resta saber como conduzir isso”, afirma.

 

Sabine Righetti e Beatriz Izumino – Folha de São Paulo

 

Choose The Best Prom Dress For An Exciting Evening
watch game of thrones online free You always answer not you

Why Chanel Perfume Is So Desirable
free games online midi mid calf or maxi

What Makes Good Sheer Lingerie Models
online games The mods were on the cutting edge of fashion in the 60s

Christian Louboutin Mount Satin Bag Makes You be the Focal Point
forever21 GS up 34 percent respectively

Country legend Willie Nelson to play sold out 9
jeu gratuit You have got your summer wardrobe ready to go

How Band Photos Differ From Celebrity Photos
games so if you really want to personalize them

Essential Fashion Jewellery Pieces for Every Woman’s Wardrobe
ballkleider Select stretchy materials for a slender look

Best Career Options in Event Management and PR Industry
games 1776 by Roman Catholics of the Franciscan Order

Compartilhar