Meta de atendimento do ensino superior não será atingida em 2011, diz presidente do Inep

Meta de atendimento do ensino superior não será atingida em 2011, diz presidente do Inep

A meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação (PNE) de garantir uma taxa de atendimento do ensino superior de 30% até 2011 é "quase impossível" de ser atingida. A análise é do presidente do Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Reynaldo Fernandes, após a divulgação dos dados do Censo da Educação Superior de 2007. Há poucos meses, o ministro da Educação Fernando Haddad afirmou que a meta seria atingida "sem sombra de dúvidas".

A taxa de atendimento é calculada pela proporção de jovens de 18 a 24 anos que estão matriculados em cursos universitários. Esse somatório inclui as vagas preenchidas nas universidades públicas e faculdades particulares. De acordo com Fernandes, de 12% a 13% dessa parcela da população está hoje no ensino superior. Para o presidente do Inep, a meta do PNE precisa ser revista.

"Em dois anos, daqui para 2011, é praticamente impossível atingir a meta. Para chegar em 30% teria que haver um crescimento muito grande de novos ingressantes, o que seria impossível nesse prazo", afirmou em entrevista à Agência Brasil.

Segundo o Censo da Educação Superior, o Brasil possuía, em 2007, 4.880.381 alunos em cursos de graduação presenciais em 2.281 instituições de ensino superior. Desse total, 75% estão concentrados em escolas privadas e o restante nas universidades públicas.

(Agência Brasil)

Compartilhar