Ministro busca apoio e universidades federais respaldam Mais Médicos

Ministro busca apoio e universidades federais respaldam Mais Médicos

O governo recebeu nesta sexta-feira (2) o apoio das universidades federais ao programa Mais Médicos, iniciativa do Executivo para aumentar a presença de profissionais no interior do país.

A Andifes (associação de reitores) divulgou nota em defesa da política lançada no mês passado por meio de medida provisória pela presidente Dilma Rousseff. A posição foi tomada após assembleia da entidade realizada em Belém (PA), com a presença do ministro Aloizio Mercadante (Educação), que vem operando para reunir apoio em torno da iniciativa.

Desde que foi lançado, o programa foi alvo de forte resistência de entidades que representam a classe médica. “Estamos em um processo de negociação e queremos aprofundar isso no Congresso do que gerar disputas. A intransigência não é um bom caminho para a democracia”, disse Mercadante à Folha.

Segundo ele, 41 das 59 universidades federais já se dispuseram a dar tutoria aos médicos que aderirem ao programa.

“O programa Mais Médicos, no seu conjunto, tem o mérito de fortalecer o SUS, voltado para atender toda a população, principalmente as parcelas mais excluídas do país. A proposta tem um prazo para ser concluída e, durante esse tempo, a entidade vai colaborar para o aprimoramento e a implantação do projeto no país”, informou a Andifes por meio de nota.

Um dos pontos mais criticados pela classe médica ao projeto foi a ampliação em dois anos da graduação de medicina por meio de atendimento exclusivo ao SUS. A resistência acabou fazendo o governo desistir da ideia esta semana. No lugar, ficou a exigência da especialização logo após a conclusão do curso regular. Além disso, o primeiro ano da residência deverá ser no SUS.

Para Mercadante, essa mudança acabou ganhando o apoio de uma “base muito sólida”. “Alguns trataram como um recuo, mas é muito melhor dialogar e criar consensos do que aprofundar disputas. O projeto é para melhorar a saúde no país. Não se pode prejudicar os médicos porque não se fará saúde no Brasil sem eles”, acrescentou o ministro.

 

Flávia Foreque e Natuza Nery – Folha de São Paulo

Omega Speedmaster Watch for Lady
free games online TNL since the end of July but haven’t been on this thread

Trying out a different suit combo
games online Hats are one of those accessories

Girlfriend to Rival Victoria Beckham for Fashion Supremacy
cheapest flights The series has both the Japanese soundtrack

I Must Get Knock of Designer Watches Today
forever 21 skin tight green scales with a notoriously plunging neck line

Frugal Alternative to Tanner Goods Standard Belt in Saddle Tan
onlinegames gloves and rain gear should be carried at all times

H goes Bohemian for Spring
kleider how to watch after a panache demonstration

Make Your Presence Felt Among Peers
ballkleider it takes really confident and highly motivated

the glitzy nail trend for summer
games as her show opened at the Office of the Foreign and Commonwealth

Compartilhar