Ministro da Educação inaugura em Volta Redonda nova unidade da Federal Fluminense

Ministro da Educação inaugura em Volta Redonda nova unidade da Federal Fluminense

Rio de Janeiro – O ministro da Educação Fernando Haddad inaugurou, no último dia 7, no município de Volta Redonda, sul do estado do Rio de Janeiro, a sede da Escola de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal Fluminense (UFF). Trata-se do primeiro de três prédios do campus da UFF, que serão construídos até agosto na cidade.
 

Na opinião do ministro, o Brasil tem a obrigação de saldar sua dívida educacional histórica. “O que o Brasil precisa é saldar sua dívida educacional histórica. Essa tarefa não foi cumprida no século 20, então temos a obrigação de fazer agora. Por exemplo, em Volta Redonda, os investimentos chegaram muito tarde. Esta cidade, pela importância que tem, já merecia ter sido contemplada antes nessa área tão fundamental que é a educação”, afirmou Haddad durante a solenidade que também contou com a presença do reitor da UFF, Roberto de Souza Salles, do diretor do polo universitário de Volta Redonda, Wainer da Silveira e Silva e do prefeito da cidade, Antonio Francisco Neto.

 

Inicialmente, o novo prédio construído será para os cursos de administração, ciências contábeis e administração pública. Logo em seguida, também serão incluídos os cursos de direito e psicologia. Além do prédio inaugurado hoje, outros dois estão em construção. Um será destinado para os cursos de ciências exatas (física computacional, matemática computacional e química). O outro será para a administração do campus, biblioteca e laboratórios.

 

De acordo com Haddad, a estrutura do ensino universitário evoluiu nos últimos anos no país. “Até 2003, tínhamos apenas 130 campi universitários no país. Em oito anos, além de revitalizar muitas unidades, vamos entregar 105 novos. E nessa conta não entra Volta Redonda, que já possuía uma unidade (na Vila Santa Cecília), ou seja, agora, sim, nós temos um projeto educacional à altura do nosso país”, afirmou.
 

Segundo informações do Ministério da Educação, o governo federal construiu 115 unidades de educação profissional de 214 previstas até o final de 2010. Desse total, 102 já funcionam e 13 devem ter as aulas iniciadas no segundo semestre de 2010. Outras 99 estão em obras e 26 funcionam em instalações provisórias.

 

 

Compartilhar