Ministro Fernando Haddad participa de evento na Andifes

Ministro Fernando Haddad participa de evento na Andifes

 

 

A Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) reabriu sua sede, em Brasília, com palestra do Ministro da Educação Fernando Haddad no dia 11 de março. O evento marcou o início das comemorações dos 20 anos da Andifes, que foi criada em 23 de maio de 1989.

Além dos dirigentes de Ifes de todo o país, estiveram presentes, entre outros parlamentares, os deputados federais Raquel Teixeira (PSDB), Magela (PT) e Gilmar Machado (PT), autoridades do Ministério da Educação, como a secretária de Educação Superior Maria Paula Dallari Bucci e o secretário executivo José Henrique Paim, represente do Ministro da Ciência e Tecnologia Antonio Ibañez, representantes de entidades ligadas à Educação, como o presidente do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB), reitor Gilberto Garcia e o vice-presidente da  Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) reitor Antonio Joaquim Bastos da Silva, Superintendente do Escritório de Representação do IEL Nacional Carlos Roberto Rocha Cavalcante, as jornalistas Angela Pinho (Folha de São Paulo) e Lisandra Paraguassú (O Estado de São Paulo), pró-reitores, assessores e ex-dirigentes da Andifes.

O presidente da Associação, reitor Amaro Lins (UFPE) iniciou a cerimônia afirmando que este é um momento de muita alegria e também de responsabilidade: “Nesses 20 anos a Andifes foi a representante institucional das universidades e dos reitores num diálogo permanente com a sociedade e com o governo, sempre preocupada em definir políticas públicas de educação para dar subsídios à construção de um país desenvolvido e socialmente justo”, destacou Amaro Lins.

O ministro da Educação Fernando Haddad congratulou a Andifes pelos 20 anos em que exerceu papel na defesa da universidade pública: “Se chegamos até aqui com alguns indicadores a comemorar, devemos ao esforço colegiado dos reitores, sem o que teria sido impossível atender o número de jovens que atendemos, com a nossa qualidade, ter uma pós-graduação reconhecida internacionalmente; enfim, são muitas razões a comemorar”. O ministro falou sobre a importância da entidade: “A nossa Andifes discute uma questão de identidade nacional. Sempre fui da tese de que a universidade é onde se forja a identidade de um país”.

Após as palavras do ministro, os presentes participaram de coquetel e conheceram as novas instalações da Andifes, destinadas ao melhor acolhimento dos reitores para desenvolvimento de seus trabalhos.

Nascida pela associação de 21 universidades, atualmente, a Andifes congrega quatro Centros de Educação Tecnológica (Cefets), 54 universidades federais e atua como a representante oficial das instituições federais de ensino superior (IFES) na interlocução com o governo federal, com as associações de professores, de técnico-administrativos, de estudantes e com a sociedade em geral.

Compartilhar