Mistura de gerações (Editorial)

Mistura de gerações (Editorial)

O fortalecimento dos concursos como principal instrumento de acesso ao serviço público promove uma silenciosa revolução de costumes na sociedade brasiliense, principalmente entre os jovens. A repórter Manoela Alcântara mostra no Eu, concurseiro que cresce o número de adolescentes matriculados nos cursos preparatórios. Antes, o foco dos formandos do ensino médio era o vestibular e o acesso ao ensino superior. Agora, eles almejam um emprego no governo para, em seguida, amparados por um bom salário e pela estabilidade, chegar à universidade.

Mas as mudanças não se restringem aos adolescentes. Profissionais que já passaram dos 50 anos, estabilizados em suas atividades, também se arriscam nos cursinhos em busca de cargos mais bem remunerados. É uma interessante mistura de gerações nas salas de aula, que reforça a confiança dos brasileiros nos concursos públicos.

O leitor também encontrará nesta edição dicas sobre como estudar o direito constituicional, uma das matérias mais exigidas nos concursos por todo o país, principalmente nos da área jurídica. Na série Eu cheguei lá, a história vitoriosa de Fernando Rodrigues, um portador de deficiência visual aprovado na seleção para professor de matemática do Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais.

E tem mais: dicas de livros, o calendário completo dos concursos pelo Brasil e a coluna Blog do Servidor, do repórter Luciano Pires.

Compartilhar